Governo de Rondônia
Friday, 24 de September de 2021

RECICLAGEM

Governo de Rondônia debate política de resíduos sólidos e inclusão social de catadores

01 de julho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Vice-governador Daniel Pereira debate a política de resíduos sólidos junto aos catadores

Vice-governador, Daniel Pereira, discutiu a política de resíduos sólidos junto aos catadores

Dando continuidade ao debate sobre a Lei 12.305, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos  (PNRS) exigindo que os municípios implantem um plano de destinação adequada dos resíduos sólidos, o vice-governador Daniel Pereira se reuniu nessa terça-feira (30) com os catadores de materiais recicláveis de cooperativas de Porto Velho, Cacoal, Ji-paraná, Ministro Andreazza e Guajará-Mirim.

O representante do Movimento Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis, Toni dos Santos, apresentou as demandas das cooperativas nos municípios e solicitou apoio do governo de Rondônia para que os municípios discutam a nova lei com as cooperativas e implantar a coleta seletiva com inclusão social e econômica dos catadores.

“A coleta seletiva, além de garantir a renda das famílias de catadores promove a destinação correta do lixo e a preservação do meio ambiente. Precisamos conscientizar os municípios que esta é a melhor maneira para executar o plano de destinação dos resíduos sólidos”, expôs.

O vice-governador destacou a disponibilidade do governo em atender as demandas das cooperativas e encaminhou ao governador Confúcio Moura as solicitações dos catadores que implicam em ações de fortalecimento e inclusão do segmento. “Estamos debatendo uma política que implica na preservação do meio ambiente, na garantia de renda e cidadania de várias famílias que vivem da coleta seletiva e da inclusão social dos catadores, o que representa um avanço na Política Social do Estado”, afirmou Daniel Pereira.

“É a primeira vez na história das cooperativas de Rondônia que temos a oportunidade de debater sobre política de resíduos sólidos, coleta seletiva e inclusão social junto ao poder público estadual. Reconhecemos o empenho do governo em prover a inclusão social dos catadores”, destacou Leonardo Vieira, representante do movimento social.

A secretária estadual de Assistência Social, Valdenice Domingos, frisou que através da Gerência de Trabalho e Renda, a Seas vem desenvolvendo ações e projetos em parceria com o segmento de catadores, em prol das cooperativas e associações. “Através do Recicla Rondônia, o governo irá mapear e diagnosticar, em todo o Estado, catadores de materiais reutilizáveis e recicláveis, principalmente os autônomos, ou seja, aqueles que estão isolados de qualquer forma organizativa, para poder inseri-los na participação das demais ações do projeto, preparando-os para serem beneficiados com formações e garantia dignas de trabalho”, ressaltou.

Participaram ainda da reunião, o deputado estadual, Lazinho da Fetagro; o secretário do Fórum Lixo e Cidadania de Rondônia, Olavo Nienow; a assessora jurídica da Associação Rondoniense de Municípios, Ivonete Caja; a gerente de Economia Solidária da Seas, Sandra Leite; e o coordenador de Desenvolvimento Ambiental da Sedam, Eliezer Oliveira.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Luana Lopes
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Governo, Inclusão Social, Meio Ambiente, Rondônia, Saúde, Terceiro Setor


Compartilhe