Governo de Rondônia
01/02/2023

Objetivo Geral e Específicos

Governo do Estado de Rondônia

OBJETIVO GERAL

Implementar estratégias político-institucionais e gerenciais voltadas a orientar e efetivar as políticas públicas prioritárias do Governo do Estado de Rondônia,  no horizonte de cinco anos (2013-2018), tendo como principal diretriz o desenvolvimento inclusivo, sustentado no tripé crescimento, difusão de oportunidades e equilíbrio ambiental, por meio da construção e aplicação prática do Plano Estratégico e de suas ferramentas e instrumentos de efetividade e alavancagem sobre resultados.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

  • Formalizar um instrumento de gestão governamental orientando por diretrizes e projetos prioritários, capaz de ser gerenciado de forma prática e efetiva, para obtenção de resultados concretos, no curto e médio prazo, assegurando convergência no longo prazo;
  • Promover o alinhamento de metas e ações governamentais, de maneira permanente, envolvendo todas as suas unidades administrativas;
  • Definir objetivos e metas de desenvolvimento inclusivo, de forma participativa e corresponsável, evolvendo governo e sociedade;
  • Fazer convergir os esforços de governo para ações prioritárias, segundo critérios de demanda, relevância, abrangência, riscos, tempo e recursos;
  • Desenvolver um modelo gerencial baseado em diretrizes e prioridades, em defesa da convergência de esforços político-institucionais;
  • Consolidar, de forma gradual e contínua, uma nova visão de Estado que reflita os anseios de uma sociedade madura e de seu compromisso com o futuro.
  • Institucionalizar políticas para mover o Estado de Rondônia do 19º lugar no Ranking de Gestão dos Estados brasileiros para a 15ª posição, no período de 2 anos;
  • Institucionalizar a cultura do planejamento;
  • Estabelecer instrumento de monitoramento e avaliação de políticas públicas, metas, programas e ações governamentais;
  • Criar competências e instrumentos para a construção, seleção, análise e aplicação gerencial de indicadores;
  • Zelar pela transparência das ações de governo;
  • Fixar metas de desempenho para órgãos e unidades de governo, de acordo com as diretrizes globais e setoriais;
  • Instituir uma Agenda de Resultados, para monitoramento e avaliação permanentes dos projetos prioritários, segundo as diretrizes;
  • Ampliar a oferta e a qualidade dos serviços prestados à sociedade;
  • Criar a Agenda Integrada de Resultados (AGIR), para ser possível a gestão por Diretriz e Programas, no ambiente interno de governo e firme articulação junto a instituições e organizações externas ao governo;
  • Estabelecer diretrizes para alavancar o crescimento econômico do Estado com valor compartilhado para expandir as conexões entre o progresso econômico e inclusão social;
  • Subsidiar a revisão do Plano Plurianual – PPA.

Compartilhe