Governo de Rondônia
04/03/2024

Mais de 85 mil livros didáticos devem ser entregues em 2014

10 de janeiro de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Em Rondônia, a expectativa é que as instituições de ensino da rede pública estadual recebam mais de 85 mil livros didáticos para serem entregues aos alunos do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental das escolas do Estado.

Uma das coordenadoras do setor de Livro Didático, Biblioteca e Sala de Leitura, Gizele Viana, explica que as obras didáticas são classificadas em duas categorias – reutilizáveis e consumíveis – que abrangem as disciplinas do currículo.

Gizeli diz que os livros são distribuídos conforme a faixa etária do aluno. “São três grupos de estudantes que recebem os livros: as crianças do 1º ao 5º do Fundamental, depois o pessoal do 6º ao 9º também no Fundamental e, na continuidade, o Ensino Médio”, explica.

A coordenadora diz que, inicialmente, a escola recebe uma senha para acessar o sistema onde fica o Guia de Escolha do Livro Didático, elaborado pelo MEC, onde contém as coleções de títulos selecionados para a distribuição. E então, a equipe pedagógica da unidade escolar faz a escolha de duas coleções para ser entregue aos alunos.

Após o MEC realizar o levantamento e a consolidação das escolhas no Estado, as coleções de livros didáticos são distribuídas às escolas. “Nem sempre é uma das coleções que a escola escolheu por conta de uma outra coleção ter sido mais votada”, relata Gizele. Do total de livros enviados pelo MEC, 3% é destinado à Reserva Técnica da Seduc, onde ficam armazenados no caso de haver necessidade de reposições de livros.

A distribuição para os segmentos da escola é feita a cada três anos, realizando a rotatividade das obras entre os alunos da instituição. Além disso, a coordenadora diz que ao final de três anos de uso, o título pode ser doado pela escola ao aluno. “Por exemplo, foi o que aconteceu com os estudantes do 6º ao 9º ano do Fundamental em 2013, eles ‘pegaram’ o último ano de uso do livro e alguns puderam ficar com eles. Neste ano, os alunos deste segmento receberão novos livros”, explica.

Descarte

Gizeli lembra que a Seduc dá algumas opções de descarte às escolas sobre os livros fora de uso e excedentes na instituição, como doação à comunidade e associações de reciclagem, através de cooperativas, ou em atividades complementares voltadas para o meio ambiente na própria escola. “Muitos funcionários não sabem o que fazer com os livros e acabam guardando na escola, ocupando espaços”, diz.

Já na Reserva Técnica da Seduc, a coordenadora conta que a Secretaria estuda uma forma correta para o descarte e/ou doação dos livros que estão estocados no local. “São muitos livros e uma cooperativa não consegue dar conta do volume de papéis”, afirma.

No entanto, antes de chegar ao período de doação ou descarte dos livros, Gizeli comenta que é de extrema importância a preservação das obras ao longo da rotatividade. “O livro didático é muito importante para as escolas e os estudantes. É um acesso à informação que o aluno tem, é um direito dele, e nada mais correto ele ter que zelar pela vida útil do livro para ter uma durabilidade adequada”, finaliza.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia


Compartilhe


Pular para o conteúdo