Governo de Rondônia
Thursday, 23 de September de 2021

Governo implanta projeto para fortalecer o combate às drogas em unidades socioeducativas

07 de fevereiro de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

No evento foram apresentados os objetivos do “Começar de Novo” que tem com principal ferramenta a busca da integração entre os socioeducandos e a família, além de promover ações e atividades de educação em saúde, que estimulem os internos usuários de substâncias psicoativas à mudança de vida. O parceiro no desenvolvimento das ações do projeto é o Centro de Atenção Psicossocial Álcool – Drogas (CAPS ad), da Prefeitura de Porto Velho.

A secretária de Justiça, Elizete Lima afirma que o governo tem buscado avançar na implantação de medidas criativas que possam ser ferramentas de resgate de vidas e de ressocialização. “Este projeto que estamos implantando é inovador e está referenciado pelos princípios do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase) e observa o que está previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que é o de dar atenção plena de direitos aos adolescentes que cumprem medidas socioeducativas”, explica.

Elizete também falou da integração, dedicação e competência que os socioeducadores desenvolvem o trabalho dentro das unidades socioeducativas de Rondônia e que sem o empenho deles nenhuma atividade seria viável de acontecer com sucesso.

O “Começar de Novo” foi idealizado pelo reeducando Ademir Pereira, que já desenvolve ações com o mesmo objetivo, por meio do setor de reinserção social da Sejus, dentro das unidades prisionais de Porto Velho. Ele refere que foi feita uma adaptação nas estratégias para atender as necessidades específicas dos adolescentes, tendo no forte entrelaçamento deles e seus familiares o diferencial.

As famílias dos adolescentes também estarão sendo capacitadas para conhecer o problema das drogas e saberem como ajudar seus filhos. A meta é mobilizar e sensibilizar os familiares dos adolescentes internos quanto à importância de serem colaboradores e co-participantes do processo de reabilitação e da adesão ao tratamento à dependência química.

“A idéia é todos saírem ganhando, a família e o adolescente. Queremos que todos passem a ter conhecimento dos prejuízos trazidos pelas drogas, como sair delas e das possibilidades de encontrar prazer em atividades culturais, de profissionalização, que são ferramentas de atrativos usados no projeto”, finaliza Ademir.

O lançamento foi prestigiado com a presença do coordenador da Coordenadoria de Atendimento ao Adolescente (CAA/Sejus), Antônio Silva; do secretário de Segurança Pública, Marcelo Bessa; pelo deputado estadual, Zequinha Araújo; pela presidente do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (Conedca), Ana Valeska; por representantes do Ministério Público e do Tribunal de Justiça de Rondônia.Ao final, o grupo de Hip Hop “Reflexo do Gueto”, do bairro Mocambo fez uma apresentação que misturou músicas, poesias, dança e pintura, mostrando os elementos e o gênero que a cultura do hip hop representa para os jovens das periferias urbanas em todo país.

Ao final, o grupo de Hip Hop “Reflexo do Gueto”, do bairro Mocambo fez uma apresentação que misturou músicas, poesias, dança e pintura, mostrando os elementos e o gênero que a cultura do hip hop representa para os jovens das periferias urbanas em todo país.

Texto e fotos: Celene Gomes


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia


Compartilhe