Governo de Rondônia
Wednesday, 22 de September de 2021

IMUNIZAÇÃO

Trabalhadores do Porto Público de Porto Velho recebem primeira dose da vacina contra a covid-19

02 de junho de 2021 | Governo do Estado de Rondônia

Trabalhadores portuários são imunizados contra a Covid-19

Os funcionários da Sociedade de Portos e Hidrovias (Soph), do Governo de Rondônia, os Trabalhadores Portuários Avulsos (TPAs), devidamente cadastrados junto ao Órgão Gestor de Mão de Obra (OGMO) e aqueles vinculados às empresas que atuam diretamente no poligonal portuário, receberam nesta quarta-feira (2) a primeira dose da vacina AstraZeneca, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), contra a covid-19 no Porto Público de Porto Velho.

Os portuários e aeroportuários foram incluídos nos grupos prioritários, estabelecidos pelo Plano Nacional de Operacionalização (PNO) conforme o 19º informe técnico emitido pelo Ministério da Saúde no dia 25 de maio de 2021.

Nele, a coordenadora Geral do Programa Nacional de Imunizações, Francieli Fontana Sutile Tardetti Fantinato, e o diretor do Departamento de Imunização e Doenças Transmissíveis, Laurício Monteiro Cruz, sinalizam a importância da imunização destes grupos em razão da disseminação do vírus SARS-CoV-2 e o surgimento de variações genômicas do vírus identificadas em solo brasileiro, bem como a confirmação da VOC oriunda da Índia (B.1.617), cuja cepa já havia sido identificada em 44 países, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Desta forma, o possível ingresso de indivíduos ainda assintomáticos no país e, consequentemente, exposição dos trabalhadores de transportes aéreos e portuários, como medida preventiva na proteção desses trabalhadores, em alto fluxo de passageiros e tripulantes oriundos de outros países, justifica-se a antecipação da vacinação contra a covid-19, visto que as vacinas em uso no Brasil seguem demonstrando eficácia às variantes.

O diretor presidente da Soph, Fernando Cesar Ramos Parente, afirmou que ao ter conhecimento da inclusão dos trabalhadores portuários como prioridade no plano nacional de imunização, em fevereiro do ano corrente, a Diretoria Executiva tomou a iniciativa de provocar os órgãos responsáveis para organizar a vacinação no Porto de Porto Velho.

“Fizemos contatos com o Ministério da Infraestrutura, Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) para enviar as listas de funcionários, organizar a logística de disponibilização das doses, atendimento e aplicação para os trabalhadores portuários que atuam especificamente no Porto de Porto Velho. A antecipação da vacinação dos trabalhadores portuários por parte do Ministério da Saúde visa criar uma barreira sanitária no país em função das variantes que os funcionários estão expostos”, frisou Fernando.

A fim de evitar a aglomeração e conseguir um fluxo contínuo de atendimento, a imunização acontecerá em dois momentos. Aqueles trabalhadores previamente cadastrados que não foram vacinados hoje, deverão comparecer na sexta-feira (4) para receber a primeira dose. Os demais trabalhadores portuários que atuam em portos privados no Estado de Rondônia deverão entrar em contato com a Agevisa pelos contatos (69)3216-5397 ou (69)3216-5396.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Rafaela Schuindt
Fotos: Rafaela Schuindt
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde, Serviço, Servidores


Compartilhe