Governo de Rondônia
Thursday, 23 de September de 2021

INOVAÇÃO

Após estudo realizado pela Seduc, Escola Lydia Johnson vai atender com educação integral à zona Norte de Porto Velho

11 de abril de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

A Escola de Ensino Fundamental e Médio Professora Lydia Johnson de Macedo, em Porto Velho, está sendo preparada para atender em tempo integral aos alunos da região Norte da capital. Foi o que informou a diretora-geral de Educação da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Angélica Ayres, ressaltando que as instalações foram utilizadas até março por estudantes da Escola Brasília, que estava em reforma.

Quando estiver em pleno funcionamento, a escola atenderá também com atividades culturais, como dança, teatro e cinema

Quando estiver em pleno funcionamento, a escola atenderá também com atividades culturais e esportivas

Estudo coordenado pelo professor Thales Gomes, realizado nos bairros São Sebastião, São Sebastião I e Nacional ouviu famílias para avaliar o quantitativo de alunos do ensino médio da região. O trabalho envolveu 20 pesquisadores e o resultado será utilizado para indicar a melhor forma de atender à demanda pela Escola Lydia Johnson. A pesquisa faz parte do projeto “Todos Unidos no Pacto pela Aprendizagem”.

Inaugurada em 2015, a Escola Lydia Johnson tem uma das melhores estruturas entre os estabelecimentos educacionais existentes no estado. As instalações, entretanto, foram utilizadas inicialmente para abrigar, durante o ano letivo de 2016, os alunos da Escola Brasília, cujo prédio estava sendo reformado.

ECONOMIA

O remanejamento permitiu ao estado, conforme Angélica Ayres, economizar em torno de R$ 1 milhão em aluguéis. Como a Escola Brasília retornou às atividades normais em 2017 será possível preparar a Escola Lydia Johnson para atender plenamente à região Norte de Porto Velho, onde está instalada. Angélica reforçou que a unidade educacional não está abandonada. “Uma equipe de técnicos da Seduc está trabalhando para que após o devido planejamento a Escola Lydia Johnson ofereça educação de qualidade aos alunos daquela região”, acentuou.

Quando estiver em pleno funcionamento, a Lydia Johnson atenderá também com atividades, como dança, teatro, cinema e práticas esportivas. O conceito arquitetônico utilizado nas obras da escola é um dos mais modernos do País. Os espaços foram preparados para oferecer conforto e bem-estar aos alunos, benefícios que já foram experimentados pelos estudantes da Escola Brasília em 2016.

Na construção foram utilizados recursos da União, através do Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE). O ex-ministro Renato Janini veio para a inauguração e parabenizou o governo de Rondônia pelo envolvimento no projeto, que deve ser expandido para outros estados.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Secom
Fotos: Quintela
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Educação, Governo, Rondônia


Compartilhe