Governo de Rondônia
Sunday, 24 de October de 2021

SAÚDE

Mil Dias de Gestão: Atenta aos demais agravos, Agevisa intensificou as ações de vigilância no combate à covid-19

07 de outubro de 2021 | Governo do Estado de Rondônia

Marco no combate à covid-19 em Rondônia, as barreiras sanitárias serviram de exemplo para Unidades da Federação

O Governo de Rondônia, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa) tem como finalidade levar à população rondoniense a promoção e a proteção à saúde, mediante ações integradas de educação, prevenção e controle de agravos, com vistas à melhoria da qualidade de vida dos rondonienses. 

Nestes mil dias de gestão do governo Marcos Rocha, a Agevisa acumula atividades governamentais articuladas com a  Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), e  em parceria com entidades filantrópicas e organizações de controle social, desenvolvendo ações em todos os 52 municípios, ressaltadas pelo diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima.

A Agevisa cumpriu papel preponderante, no protagonismo e coordenação das ações no momento da crise pandêmica. Sua colaboração foi em parte na elaboração de documentos, fiscalização e cogestão da Sala de Situação, enquanto gerenciamento de crise. A Agevisa foi proativa nas fiscalizações de cumprimento de decretos governamentais. Ativa e colaborativa nas ações de epidemiologia, barreiras sanitárias e fiscalização de estabelecimentos, bem como cooperando com outros atores em meio ao conflito ocasionado pela guerra de combate à covid-19″, disse.

Foram realizadas operações de fiscalização para o cumprimento dos decretos vigentes

Desde que a pandemia se instalou no país, a equipe de profissionais da Agevisa passou a integrar o Comitê Interinstitucional de Prevenção, Verificação e Monitoramento dos Impactos da Covid-19, que tem como objetivo reforçar a aplicação das medidas adotadas no Estado de enfrentamento ao coronavírus, e esclarecer à população a situação da pandemia em Rondônia.

São inúmeras ações, que alcançaram diretamente com a população do Estado, ora com implementação de medidas específicas, ora por meio da elaboração de documentos informativos, Notas Técnicas,  dentre outras ações, conforme serão detalhadas a seguir. 

OPERAÇÕES 

No decorrer do combate à covid-19 foram realizadas nove operações de caráter fiscalizador ao cumprimento dos decretos vigentes que orientavam acerca da aglomeração de pessoas. As ações envolveram várias instituições e se estendiam até a madrugada em situações sobre risco de agressões verbais e físicas e ainda, a própria exposição ao coronavírus. A Agevisa ombreou as demais instituições fiscalizadoras em estabelecimentos irregulares e situações que burlavam a lei com a promoção de aglomeração.

RECURSO DIGITAL

Nestes mil dias, a Agevisa lançou o segundo módulo da plataforma digital VisaOn; um recurso digital autodidático que permite o cruzamento de dados fornecidos pela Junta Comercial de Rondônia (Jucer) para facilitar o licenciamento de estabelecimentos liberados pela Agevisa. A plataforma tem a missão de modernizar a vigilância e trazer comodidade para os empreendedores de serviços de saúde e serviços/produtos de interesse à saúde, substituindo procedimentos antiquados do padrão analógico para um conjunto de medidas digitais no tamanho da demanda. Com a plataforma, o Governo de Rondônia reduziu o tempo para verificação de dados necessários para expedição do licenciamento e ainda tornou ágil o atendimento. 

CONTROLE DO AEDES 

Foram realizadas ações complementares visando combater a malária nos municípios

Em 2019 a equipe da Agevisa confirmou 124 casos de Dengue, enquanto em 2020 foram registrados 1.048, ocorrendo um aumento expressivo de 745% em relação ao mesmo período do ano de 2019.

Em 2019 foram registrados 11 casos de Zika vírus, enquanto que em 2020 foram registrados 26, ocorrendo um aumento de 136% com relação ao mesmo período do ano de 2019.

Neste mesmo ano, foram registrados 40 casos, e em 2020 a equipe de profissionais da agência confirmou 19 casos, ocorrendo uma redução de 53% com relação ao mesmo período do ano de 2019. 

Considerando os dados apresentados, a Agevisa em parceria com as secretarias municipais de saúde realizou ações de controle do mosquito Aedes aegpyti, utilizando fumacê nos bairros.  No período pandêmico foi realizada uma campanha publicitária, em conjunto a temática da covid-19, para estimular à população aproveitar a quarentena para realizar a limpeza semanal do quintal, eliminando qualquer tipo de criadouro do mosquito. Pesquisas apontaram que na região Norte o criadouro potencial é o lixo.

A gerência responsável pelo controle e combate aos agravos, Dengue, Zika vírus e Chikungunya no Estado, ainda participou da Força Tarefa do Ministério da Saúde (MS) enviada ao Estado do Acre no dia 14 de março de 2021, para o combate a infestação do mosquito Aedes aegypti. 

Durante a ação foram utilizados dois veículos com bombas para o Ultra Baixo Volume ( UBV), mais conhecido como “fumacê”, tripulados por técnicos operadores da Agevisa. A aplicação de UBV pesado foi direcionada aos quintais, de dois a três minutos em média por quarteirão, perfazendo um total e 23.308 imóveis.

CONTROLE DA MALÁRIA

Em 2019, Rondônia registrou 9.487 casos de malária, enquanto que em 2020 o número de casos foi de 11.754. De acordo com a gerência responsável uma comparação trimestral, houve um acréscimo de casos entre os anos de 2019/2020, sendo registrados entre os dias 01/01 à 31/03/2019 um total de 1.681 casos e no mesmo período de 2020 2.291 casos. Aumento de 610 casos, corresponde a um acréscimo de 36%. Em 2021, a parcial (até o mês de setembro) indica 9.164 casos confirmados de malária.

Para manter o controle e combater o agravo, os profissionais realizaram ações complementares em alguns municípios como: Pimenteiras, Candeias do Jamari e Mirante da Serra, com instalação de mosquiteiros impregnados, borrifação residual, termonebulização fumacê, diagnóstico e tratamento.

Rondonienses foram repatriados e entregues em segurança em seus domicílios de origem

A Agevisa também faz a dispensação dos seguintes insumos: medicamentos antimaláricos e inseticidas, para o programa da Malária nos municípios. Também foram realizadas ações de vigilância e controle da doença, com distribuição de mosquiteiros e realização de exames

FORMAÇÃO CONTINUADA 

A agência realizou após a flexibilização do decreto governamental pandêmico a capacitação dos profissionais de vigilância sanitária que atuam nos 52 municípios do Estado. O curso de Capacitação em Processo Administrativo Sanitário (PAS) teve como o objetivo oferecer o embasamento técnico e legal para a instrução de processos administrativos sanitários das vigilâncias municipal e estadual. Ao apoiar os municípios na instauração do seu próprio rito processual, o Governo de Rondônia possibilita a organização da estrutura legal e administrativa dos serviços prestados pela Agevisa.

Também foi realizada a capacitação de médicos, enfermeiros, farmacêuticos, técnicos do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) e coordenadores de epidemiologia que atuam na vigilância em saúde da região de Rolim de Moura, com foco no primeiro protocolo de utilização do medicamento miltefosina, usado no tratamento oral da leishmaniose tegumentar, no Brasil. 

BARREIRAS SANITÁRIAS

As barreiras sanitárias foram uma ação conjunta entre as Vigilâncias Sanitárias do Estado e dos municípios para orientação dos viajantes quanto aos sintomas da covid-19, a importância do cumprimento da quarentena pós-viagem e as medidas de prevenção no início da pandemia. Além de caráter informativo, as barreiras sanitárias contribuíram com a rastreabilidade de passageiros que tiveram diagnóstico confirmado positivo para a covid-19.

Em 2020, mais de um milhão de pessoas foram abordadas e orientadas nos principais pontos do Estado, sendo: 81.280 em aeroportos de três municípios; 6.085 pessoas nos portos; 182.230 em rodoviárias, 835.906 em rodovias e 88.133 nas regiões de fronteira. A primeira barreira sanitária foi realizada em Rondônia no dia 21 de março, um dia após decreto restritivo no Estado de Rondônia. 

COVID-19

Realização de testagem e SOS vacinação em apoio aos municípios no combate à covid-19

A Agevisa produziu documentos informativos para atender o interesse público e divulgou indicadores fundamentais na definição das políticas públicas, ações de governo e decretos durante o momento pandêmico. Emitiu boletins diários com número de casos confirmados, curados, óbitos, internados, aguardando resultados; Relatório de Ações da Sala de Situação Integrada; e semanalmente expediu o Boletim Epidemiológico Coronavírus. 

Com base nos boletins e relatórios a população pode ter conhecimento atualizado sobre notas técnicas, relatórios, decretos, entre outros documentos relacionados a situação do agravo no Estado. Os indicadores foram disponibilizados ao público por meios de canais oficiais de divulgação da Agevisa, Sesau e Governo do Estado: Site da Agevisa: http://www.rondonia.ro.gov.br/agevisa; Site da Sesau: http://www.rondonia.ro.gov.br/sesau; Site do Coronavírus: www.coronavirus.ro.gov.br e o painel  interativo: http://covid19.sesau.ro.gov.br/

Ainda como medida de vigilância em saúde, a Agevisa realiza coleta de amostras de covid-19, pois é o órgão responsável pelo Plano Estadual de Coleta de Amostras de Covid-19. Os profissionais da agência realizam o transporte do material coletado das  Regionais de Saúde (GRS) para o Lacen. 

BOLETIM DIÁRIO SOBRE CORONAVÍRUS 

A publicação do Boletim Diário sobre o coronavírus em Rondônia teve início no dia 14 de março de 2020, seis dias antes do Poder Executivo decretar estado de calamidade pública, em decorrência da pandemia. A ferramenta de comunicação foi criada, numa parceria entre Agevisa, Sesau e Secom, com o objetivo de informar a população, combater publicações não oficiais (fake news) e tranquilizar os moradores acerca das ações implementadas pelos órgãos estaduais de saúde para o enfrentamento à covid-19. 

Ao longo do período de enfrentamento à covid-19, o Boletim agregou mais informações e é utilizado como a principal ferramenta de comunicação para manter a população informada sobre a covid-19. Atualmente o boletim está em sua 555 edição, publicado ininterruptamente. 

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Muito além do registro de casos, a Agevisa lançou o boletim epidemiológico com panorama completo da covid-19 em Rondônia. A primeira edição foi lançada no Portal do Governo de Rondônia (www.rondonia.ro.gov.br) no dia 3 de abril e trouxe um panorama completo da covid-19 em Rondônia, assim também como o cenário da doença nos estados da região Norte e o contexto nacional da pandemia.

A iniciativa seguiu a orientação do governador de Rondônia, Marcos Rocha, de dar transparência ao registro de casos e condutas adotados para o enfrentamento à covid-19, doença causada pelo coronavírus. Ao longo do combate à covid-19 foram lançados oito boletins epidemiológicos com orientação aos profissionais de saúde, imprensa e população em geral. 

DISK CORONAVÍRUS

Diariamente, integrantes do Comitê se reuniram na Sala de Situação, integrados pelo Sistema de Comando de Incidentes (SCI), ainda em vigor

O cenário de pandemia causou medo, dúvidas e incertezas na população de Rondônia, levando muitos a procurarem as Unidades Básicas de Saúde (UBS) até mesmo sem apresentar quaisquer sintomas relacionados à covid-19. Para contribuir com informações à população, no dia 24 de março de 2020, a Agevisa lançou o Disque Corona. E de um lado da linha, a população em busca de informações sobre como agir em caso de apresentação de sintomas característicos da covid-19 e onde fazer testes.

Do outro lado, profissionais capacitados para orientar o que é recomendado para cada caso. A iniciativa ajudou a sociedade, mesmo em isolamento social, a ter todo o suporte necessário para o enfrentamento da pandemia.

COMITÊ DE ENFRENTAMENTO AO CORONAVÍRUS

O Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus em Rondônia foi criado com o objetivo de reunir autoridades de diversos segmentos para juntos, alinharem ações conjuntas em defesa da saúde pública diante da pandemia. Diariamente, os integrantes do Comitê se reuniram na Sala de Situação, integrados pelo Sistema de Comando de Incidentes (SCI), ainda em vigor. Por meio da SCI, o Governo de Rondônia elaborou o Relatório de Ações, que reúne atividades desempenhadas de combate à covid-19, é utilizado como base para a elaboração de outras ferramentas de comunicação e é distribuído diariamente para os gestores acompanharem as informações acerca da pandemia do coronavírus.

REPATRIADOS 

Agevisa lançou Disque Corona, para apoiar a população em busca de informações sobre a covid-19

Importante ação de apoio aos moradores de Rondônia que estavam em outros países; a repatriação alcançou pessoas oriundas do Peru, Bolívia e Paraguai e envolveu dezenas de profissionais. A iniciativa aconteceu por intermédio de  ação conjunta entre a Agevisa, da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), por meio da Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRO), gerências regionais da  Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), vigilâncias municipais, Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (Ifro) e Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Estudantes da Bolívia, de Cochabamba e Santa Cruz de La Sierra, que devido à pandemia da covid-19, tiveram as aulas suspensas e não puderam retornar ao país, uma vez que existiam barreiras nas fronteiras de entrada e saída dos países vizinhos e os voos então suspensos foram alcançados pela ação do Governo de Rondônia. Foram muitos quilômetros e horas de viagem, mas puderam ser trazidos para seus lares em segurança. 

NOTAS TÉCNICAS  

Em cumprimento ao decreto de calamidade pública do Governo de Rondônia, e seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, a Agevisa elaborou várias notificações recomendatórias conjuntas, com o de objetivo reduzir a disseminação do coronavírus. Foram elaboradas Notas Técnicas direcionadas ao ambiente de trabalho, manipulação de alimentos, transporte público, dentre outras orientações. Desde abril de 2020 foram elaboradas 69 Notas Técnicas alertando sobre a atuação coletiva mais benéfica para a população, somado a necessidade de redução da disseminação da doença, devido aos riscos à saúde pública registrado no Estado. 

PORTAL DE TRANSPARÊNCIA 

É pelo www.coronavirus.ro.gov.br, portal institucional que o Governo de Rondônia mostra transparência nas ações de prevenção e enfrentamento à covid-19. No dia 9 de abril de 2020 foi integrada à página o mapa que permite a consulta de quantos casos da doença são registrados por município. A página reúne matérias jornalísticas, decretos, notas técnicas emitidas pela Agevisa, Plano Estadual de Contingência e o pacote de medidas econômicas.

A plataforma também permite o acesso aos boletins diários com atualização da quantidade de casos da doença e o boletim epidemiológico que mostra semanalmente um panorama completo da situação da covid-19 em Rondônia/região Norte/Brasil.

VACINAS E SERINGAS 

Até o momento, Rondônia recebeu e distribuiu mais de 2 milhões de vacinas para imunizar a população prevista no PNI

Entrega das vacinas e seringas para o combate à covid -19, o Estado já superou o montante de dois milhões de doses de vacina contra a covid-19, bem como os dois milhões de seringas.

O material foi entregue às Regionais de Saúde de Cacoal, Ariquemes, Rolim de Moura, Ji-Paraná e Vilhena e essas por sua vez distribuem aos municípios de sua abrangência.

A entrega dos imunobiológicos (Vacinas contra Influenza, sarampo e outras) para atender a vacinação de rotina dos municípios de abrangência das Gerência Regionais de Saúde (GRS), mensalmente o caminhão realiza a reposição de estoques nas Regionais de Cacoal, Ariquemes, Rolim de Moura, Ji-Paraná e Vilhena.

INSUMOS 

Importante atuação da Agevisa, a disponibilização de insumos, como Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), máscaras, luvas e seringas contribuem para a realização de ações como mutirões de vacinação, testagens da covid-19 (drive-trhu), bem como o apoio e garantia de segurança aos profissionais que atuaram e ainda atuam na linha de frente no combate à covid-19.

SOS VACINAÇÃO

A Agevisa em parceria com a Sesau vem realizando força-tarefa de vacinação contra a covid-19, com o objetivo de reforçar a imunização de acordo com o público inserido nos grupos prioritários. A ação já foi desenvolvida nos municípios de Guajará-Mirim, Buritis, Candeias do Jamari, Costa Marques, São Miguel, Rolim de Moura, Colorado, Cacoal e Pimenta Bueno e foram vacinadas 25.725 pessoas.

De acordo com os números, a Agevisa em parceria com a Sesau foram realizaram em: 

  • Guajará-Mirim – 3.857 pessoas vacinadas;
  • Porto Velho – 805 (profissionais da Educação);
  • Candeias do Jamari – 2.674; 
  • Buritis – 2.200;
  • São Miguel do Guaporé –  2.032;
  • Costa Marques – 1.384;
  • Colorado do Oeste – 2.473 pessoas vacinadas;
  • Rolim de Moura – 4.389 pessoas vacinadas;
  • Cacoal – 2.700 pessoas vacinadas e
  • Pimenta Bueno- 2.423 pessoas vacinadas.

Total = 24.937 pessoas vacinadas.

DISTRIBUIÇÃO DE VACINAS

O Governo de Rondônia, por meio da Agevisa tem reforçado as ações que visam a distribuição de vacinas contra a covid-19 aos municípios assim que chegam os lotes enviados pelo Ministério da Saúde. A celeridade colocou o Estado na 4ª colocação no ranking nacional brasileiro de distribuição de imunizantes aos municípios, que tem nas três primeiras posições Mato Grosso do Sul (MS), Distrito Federal (DF) e Rio Grande do Sul (RS), conforme dados do Sistema de Informação de Insumos Estratégicos (Sies) do Ministério da Saúde.

Agilidade que garante com que as vacinas contra a covid-19 cheguem aos 52 municípios e assim, garanta a imunização dos moradores do Estado de Rondônia.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Aurimar Lima, Lidiane Marques, Mineia Capistrano e Vanessa Moura
Fotos: Daiane Mendonça, Frank Néry, Edcarlos Carvalho e Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde, Sociedade


Compartilhe