Governo de Rondônia
22/07/2024

TUBERCULOSE

Capacitação em manejo clínico para profissionais da Atenção Primária à Saúde aborda diagnósticos e tratamentos

19 de junho de 2024 | Governo do Estado de Rondônia

Capacitação reúne profissionais da saúde das diversos regiões do Estado

Profissionais da saúde pública, que atuam na Atenção Primária à Saúde (APS), estão participando de um curso de capacitação em manejo clínico da tuberculose em adultos. O evento teve início na terça-feira (18) e encerra nesta quarta-feira, em Porto Velho. Além de profissionais das diversas regiões do estado, da área da saúde, o curso reúne servidores da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus) que trabalham no Sistema Prisional.

O curso é uma parceria do governo estadual com o Ministério da Saúde, por meio da Agência Estadual de Vigilância em Saúde (Agevisa), Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e Secretaria de Estado da Justiça (Sejus). Durante a abertura do evento, na terça-feira, o secretário-adjunto da Justiça, Ebenezer Borges disse que, “os casos de tuberculose nos ambientes prisionais têm aumentado, porém; paralelamente, a cura tem permanecido em patamares acima de 80%”.

O secretário-adjunto da Saúde, Élcio Barone, falou da importância do governo investir na capacitação dos profissionais. “O intuito é que possam atuar da melhor forma no diagnóstico e tratamento de um mal que afeta milhões de pessoas pelo mundo afora”, pontuou.

INOVAÇÕES EM DIAGNÓSTICO E TERAPIA

A representante do Ministério da Saúde, Farley Liliana Romero Vega, médica PhD em infectologia e medicina tropical, disse estar trazendo a Rondônia conhecimento sobre novas tecnologias de diagnóstico e técnicas terapêuticas. Falou ainda sobre as metas propostas por organismos internacionais de reduzir em 90% os casos de tuberculose, e reduzir em 95% as mortes por TB até 2035.

O diretor-geral da Agevisa, Gilvander Gregório de Lima, chamou a atenção dos participantes para a necessidade de compartilhar o conhecimento com os demais profissionais em suas respectivas regiões. “Não se pode absorver o conhecimento e guarda-lo em uma caixinha. A tuberculose tem cura, e para alcançá-la, precisamos exercer o altruísmo e compartilhar o conhecimento adquirido.”

SOBRE A DOENÇA

De acordo com o Ministério da Saúde a tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível causada por uma bactéria (bacilo de Koch). Afeta principalmente os pulmões e a tosse (seca ou com secreção) é seu sintoma mais conhecido. Afeta especialmente populações em situação de vulnerabilidade. São notificados anualmente 70 mil novos casos da doença no Brasil e com ocorrência de cerca de 4,5 mil mortes.

ENTRE NO GRUPO DE WHATSAPP E RECEBA NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Valbran Junior
Fotos: Lucas Maximus
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Capacitação, Evento, Governo, Governo Fez e Faz, Municípios, Região Café, Região Central, Região Cone Sul, Região Madeira Mamoré, Região Vale do Guaporé, Região Vale do Jamari, Região Zona da Mata, Rondônia, Saúde, Serviço, Servidores, Sociedade


Compartilhe


Pular para o conteúdo