Governo de Rondônia
27/02/2024

INCENTIVO

Neste fim de semana, Rondônia é sede do Campeonato Brasileiro de Judô Sênior

11 de junho de 2022 | Governo do Estado de Rondônia

Em Rondônia, judocas buscam título nas disputas no evento esportivo de campeão Sênior

Neste fim de semana, os melhores judocas de cada Estado se enfrentam em busca do título de campeões – do Campeonato Brasileiro de Judô Sênior. A disputa ocorre no Ginásio Cláudio Coutinho, em Porto Velho, capital de Rondônia.

Para o governador, Marcos Rocha, a escolha do Estado como sede do evento esportivo é uma iniciativa importante, para incentivar os rondonienses a conhecerem melhor essa modalidade e deixa todos os envolvidos orgulhosos de Rondônia ter sido credenciado para receber a disputa.

“Esse é um grande campeonato que irá alavancar o esporte no nosso Estado. O esporte tem um papel muito importante na vida das pessoas; melhora a saúde, dá dignidade e ensina o respeito ao próximo. Sou apaixonado pelas artes marciais e fico feliz de ver Rondônia recebendo atletas de todos os Estados, em uma competição com essa grande estrutura”, afirma o governador.

O campeonato conta com o apoio do Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual da Juventude, Cultura, Esporte e Lazer – Sejucel. “É uma felicidade o estado de Rondônia sediar o campeonato nacional de Judô, com participação dos Estados brasileiros, com exceção do Acre. É um grande evento para nossos atletas, nossos amantes das artes marciais”, disse  a superintendente da Sejucel, Mayara Metran.

A judoca Rafaela Silva é uma das atletas que participa do campeonato

Levar as competições nacionais para além do eixo Sul-Sudeste é uma das políticas de fomento da CBJ, para que o judô se desenvolva e se massifique por todo território nacional. “Sou testemunha do sucesso desse campeonato, que está muito bem organizado com a união de todos os envolvidos”, avalia o presidente da Confederação Brasileira de Judô, Silvio Acácio.

O presidente da Federação de Judô de Rondônia, Antônio Carlos Tenório contou que este é o terceiro evento nacional de Judô feito em Rondônia nos últimos 10 anos e que a modalidade tem se fortalecido no Estado.

“Esse evento contempla a principal categoria do judô brasileiro. Estamos gratos à Confederação por confiar ao nosso Estado esse campeonato, que conta com atletas e técnicos olímpicos e árbitro internacional. Para o Judô de Rondônia é muito bom, pois nossas crianças terão contato com esses atletas de ponta do Brasil”, considera.

 

O agente administrativo, Rodrigo Figueiredo, levou a filha Sofia e familiares para assistir o campeonato

COMPETIDORES

Participam do campeonato 275 atletas, entre eles está a campeã olímpica e mundial, Rafaela Silva, que representa a seleção do Rio de Janeiro na disputa.

Por Rondônia, estão na disputa 18 atletas, sendo dos municípios de Vilhena, Colorado do Oeste, Ji-Paraná, Presidente Médici e Porto Velho.

“A gente batalhou para competir no campeonato Sênior, e agora temos a oportunidade de representar o nosso Estado, na nossa casa, e é gratificante ter a torcida do nosso lado. Além disso, é uma oportunidade de dar visibilidade ao Judô no nosso Estado, que é um esporte olímpico, qual forma não apenas atletas, mas cidadãos com princípios que contribuem com a sociedade”, disse o atleta de Vilhena, Tiago José de Oliveira.

A torcida rondoniense ficou contente em acompanhar de perto as disputas de alto nível. “É muito bom ter esse campeonato em Rondônia, trouxe a minha filha Sofia de 8 anos para ver as disputas, ela já é praticante da modalidade há três anos, isso ajuda a moldar o caráter, e acredito ser importante inserir o esporte na vida das crianças. Esse é um evento de grande porte, onde Rondônia recebe atletas de todo o Brasil, um grande incentivo”, disse o agente administrativo, Rodrigo Figueiredo.

 

Apresentações culturais fizeram parte da abertura do campeonato

PROGRAMAÇÃO

As preliminares acontecem pela manhã. Já as finais, que são as disputas por medalhas, começaram a partir das 15h no sábado e às 11h30 no domingo. A entrada é gratuita.

De acordo com a Confederação, os campeões brasileiros receberão o convite da CBJ para lutarem na Seletiva Nacional, que definirá a Seleção Principal de 2023.

Eles já entrarão direto na segunda fase de disputa, que é o rodízio final de cada categoria, ou seja, chegará mais descansado na fase decisiva da Seletiva.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Ėsio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Esporte, Evento, Governo, Rondônia, Trânsito


Compartilhe


Pular para o conteúdo