Governo de Rondônia
12/06/2024

SANEAMENTO BÁSICO

Obras do Sistema de Esgotamento Sanitário seguem com a impermeabilização das lagoas de tratamento, em Ji-Paraná

22 de novembro de 2023 | Governo do Estado de Rondônia

Lagoas de tratamento de esgoto seguem em processo de impermeabilização

As obras do Sistema de Esgotamento Sanitário registram um avanço significativo no município de Ji-Paraná, com o início da aplicação da geomembrana, material utilizado na impermeabilização das lagoas de tratamento para impedir a contaminação do solo e dos lençóis freáticos. A execução dos serviços tem sido desenvolvida pelo Governo de Rondônia, com ações da Secretaria de Estado e Serviços Públicos (Seosp).

De acordo com o engenheiro fiscal da obra, Jefferson Gonçalves, a aplicação da geomembrana consiste em uma barreira protetora, que preserva a integridade do ambiente circundante, e assegura o sistema sanitário e qualidade dos recursos hídricos, desempenhando um papel crucial na salvaguarda dos ecossistemas associados às lagoas de tratamento de esgoto. “É uma etapa muito importante da obra e as oito lagoas passarão por esse processo. Estamos na fase inicial deste trabalho, cujo período de instalação da manta por lagoa, em média, é de sete a dez dias. Um serviço feito com todos os cuidados necessários para obtermos um resultado eficaz e seguro”, pontuou.

Conforme o fiscal da obra, os trabalhos da construção das oito lagoas de tratamento de esgoto já registram 40% de execução feita.  Os serviços acontecem em uma área de 50 hectares e estão em andamento, os trabalhos de movimentação de terra, plantio de grama dos taludes, drenagem dos platores e preparação para a aplicação da geomembrana.

REDE COLETORA

Ji-Paraná conta com 152 quilômetros de rede coletora instalada

Outros serviços que acontecem paralelamente, são os trabalhos de instalação da rede coletora, que já atingem a marca de 152 quilômetros de rede instalada. A meta é alcançar 310 quilômetros de rede em todo o perímetro urbano da cidade. O engenheiro fiscal da obra, Wander Gomes Ribeiro explicou que, as equipes da empresa executora seguem atuantes em diferentes frentes de serviços, tanto no primeiro quanto no segundo distrito. “Nosso intuito é dar celeridade nos trabalhos que são fiscalizados de perto pela equipe da Seosp. Um benefício que vai chegar para os jiparanaenses, proporcionando mais saúde e qualidade de vida”, pontuou.

INVESTIMENTO

Todo o Sistema de Esgotamento Sanitário está orçado em R$ 161 milhões, oriundos de recursos do Governo Federal,  por meio do Programa de Aceleração (PAC) e contrapartida do Governo do Estado. Para o secretário da Seosp, Elias Rezende, o avanço das obras do Sistema ratifica o compromisso do Governo em proporcionar melhorias na saúde e qualidade de vida dos rondonienses. “Temos acompanhado de perto a evolução dessas obras e o Governo não mediu esforços para destravá-las. Agora já são realidade em Ji-Paraná. Uma mudança de cenário que a população local passará a vivenciar em breve”, declarou.

Da mesma visão compartilha o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o avanço das obras representa a seriedade dos trabalhos executados pelo Governo do Estado. “Quando falamos em saneamento básico, enfatizamos as melhorias na saúde pública e, consequentemente, menos danos ao meio ambiente. O município de Ji-Paraná vai passar a viver essa realidade, e para nós, é uma satisfação fazer parte dessa evolução de cenário”, concluiu.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Jaqueline Malta
Fotos: Bruno Motoyama e Naare Corrêa
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Fiscalização, Governo, Governo Fez e Faz, Infraestrutura, Meio Ambiente, Obras, Rondônia, Saneamento, Serviço, Sociedade


Compartilhe


Pular para o conteúdo