Governo de Rondônia
Saturday, 25 de September de 2021

PLANO PLURIANUAL

Cone Sul de Rondônia apresenta propostas de investimentos do governo estadual para os próximos quatro anos

12 de junho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Audiência foi realizada

Primeira audiência foi realizada na Escola Estadual Maria Arlete Toledo, em Vilhena

A produção de alimentos saudáveis, que façam bem à população, deve ser acolhida como política de governo. A proposta foi apresentada nessa quinta-feira (11), no município de Vilhena, por Adriana Appelt, representante da organização Território Cone Sul, na primeira audiência pública de discussão do Plano Plurianual (PPA). No evento, qualquer pessoa pode apresentar sugestões para os programas que serão executados no período 2016-2019 pelo governo de Rondônia.

Essa foi a primeira audiência pública para a apresentação de sugestões ao próximo PPA. Estavam presentes, moradores de Vilhena, Cabixi, Colorado do Oeste, Pimenteiras, Cerejeiras, Corumbiara e Chupinguaia. Outras audiências acontecerão nos principais municípios do Estado. Na próxima segunda-feira (15), será a vez de Cacoal.

Os participantes da audiência, incluindo os representantes dos diversos segmentos sociais, movimentos e órgãos públicos, foram recebidos na Escola Estadual de Ensino Fundamental Maria Arlete Toledo, no bairro Alto Alegre, com café da manhã. Entre eles estavam pessoas vindas de quase todos os municípios do Cone Sul.

Técnicos da Secretaria de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog) foram distribuídos nas salas onde ocorreram as oficinas para atuar como facilitadores. Os participantes debateram sobre 13 assuntos, que incluíam, por exemplo, saúde, segurança pública e inclusão social, para apontar o que queriam ver incluídos no plano estratégico do governo de Rondônia. Após o almoço, na reunião plenária, foram apresentadas as sugestões de cada tema.

Na plenária, os representantes do Cone Sul apontaram demandas, como mais escolas e servidores na área de educação; contratação de médicos especialistas; definição de políticas para reduzir a exclusão social; assistência técnica para a agricultura familiar; e reforço do efetivo da Polícia Militar.

QUALIDADE

Para o coordenador das audiências públicas do PPA, Natan Oliveira, o resultado foi positivo pela qualidade das propostas. Ele participou dos mesmos debates em 2011 e percebeu diferenças no comportamento dos participantes. “Em 2011 havia muitos pedidos e reclamações. Havia pleitos de interesse de classes. Hoje, os temas discutidos foram mais abrangentes, voltados para o coletivo. Seria melhor se mais pessoas tivessem participado”, afirmou.

A ocasião também serviu para que Natan Oliveira prestasse contas dos resultados da participação do povo da região na elaboração do PPA que está em vigor. Segundo ele, a construção das Unidades Integradas de Segurança Pública (Unips), implantação do plano de cargos e salários de várias categorias são exemplos da força da participação popular na definição do plano de ação do governo de Rondônia.

Para secretário executivo regional, Ronaldo Alevato, foi um momento especial para a população do Cone Sul apontar a direção dos investimentos que o governo deve fazer nos municípios do Cone Sul. “Quem veio está interessado no desenvolvimento da região. O resultado foi muito positivo”, resumiu.

A deputada estadual Rosângela Donadon participou da audiência e fez elogios ao governador Confúcio Moura por ouvir a população na definição dos planos de governo. Também estiveram presentes representantes do prefeito José Rover, do deputado estadual Luizinho Goebel, da Ceplac, da Polícia Militar, entre outros.

Servidores da Sepog seguiram para o município de Cacoal, onde ministrarão treinamento para as equipes que atuarão na audiência pública desta segunda-feira (18).


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Nonato Cruz
Fotos: Ésio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Assistência Social, Cursos, Distritos, Ecologia, Economia, Educação, Esporte, Governo, Inclusão Social, Indústria, Infraestrutura, Lazer, Polícia, Saúde, Segurança, Sociedade, Tecnologia, Transporte


Compartilhe