Governo de Rondônia
Tuesday, 28 de September de 2021

QUALIDADE

Governo confirma entrega do Centro de Hemodiálise

03 de abril de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

secretario pimentel O governo de Rondônia deve entregar ainda neste mês o Centro de Diálise de Ariquemes. A confirmação foi feita pelo secretário estadual de Saúde Williames Pimentel, quarta-feira à noite, em entrevista ao programa Rondônia da Gente, da Rede TV Rondônia, em Porto Velho.

De acordo com o secretário, o governo vem trabalhando desde fevereiro do ano passado na implantação do moderno centro. A meta é oferecer ao doente melhor condição de tratamento e evitar as cansativas viagens até Porto Velho, três vezes por semana.

Pimentel destacou ainda que além da melhoria da qualidade de vida do paciente, o governo espera acabar com problemas de transporte e riscos durante o percurso – acidentes e complicações após a realização do tratamento -, como sangramento do acesso venoso e alteração de pressão arterial.

Cerca de R$ 3 milhões estão sendo investidos no Centro de Diálise de Ariquemes. Com a medida, a Sesau trabalha com a expectativa de ampliar o número de pessoas que fazem esse tipo de tratamento, considerando que muitas deixam de fazer as sessões devido às dificuldades de deslocamento até Porto Velho, apesar de o governo oferecer total assistência. “Esperamos oferecer um avançado serviço do ponto de vista de tecnologia e, acima de tudo, mais humano”, afirma Pimentel.

Pimentel falou sobre a entrega da nova Policlínica Oswaldo Cruz (POC) – referência em alta complexidade no Estado -, a reforma, ampliação e inauguração da nova UTI do Hospital de Base (HB), com um leito exclusivo para isolamento de pacientes com doenças infectocontagiosas, entre outros avanços do setor.

Ele afirma que a POC, mesmo em estado de “testes”- já que o próprio governador Confúcio Moura estipulou um prazo de 60 dias para que população e servidores se adaptem ao sistema que gerencia todos os agendamentos de consultas – a POC está atendendo dentro das expectativas do setor técnico. A meta é atingir mil consultas por dias em mais de 40 especialidades.

Ele falou, também, sobre o trabalho preventivo que o Governo do Estado vem fazendo em relação à cheia do Madeira. Uma força-tarefa formada por técnicos da Sesau, médicos da Força Nacional de Saúde do Sistema Único de Saúde (SUS) que esteve na região de Nova Mamoré e Guajará Mirim, cidades também atingidas pelas enchentes. De acordo com o secretário, todas as famílias estão recebendo atenção do Estado, inclusive com a remoção de pacientes em aviões.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Zacarias Pena Verde - Assessoria Sesau
Fotos: Ítalo Ricardo
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Saúde


Compartilhe