Governo de Rondônia
Wednesday, 27 de October de 2021

PREVENÇÃO

Conepod realiza palestra voltada a servidores públicos com o tema “o uso de drogas e o impacto no ambiente de trabalho”

24 de junho de 2021 | Governo do Estado de Rondônia

O consumo de drogas, desde as lícitas e ilícitas, causam impacto direto na produtividade, principalmente quando se fala em vícios

Abordando o tema “O uso de drogas e o impacto no ambiente de trabalho”, o Governo de Rondônia, por meio do Conselho Estadual de Políticas Públicas Sobre Drogas (Conepod), vem dando continuidade a programação da Semana Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas. Nesta quarta-feira (24), servidores públicos participaram por meio da plataforma Zoom, de uma palestra com o psicólogo do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador Regional (Cerest) Luiz Carlos Henrique de Souza.

Preocupado com a sociedade, o Governo vem trabalhando a temática da repercussão e das consequências das drogas na vida das pessoas, abordando situações cotidianas que afetam os trabalhadores e abrem as portas para o acesso às drogas lícitas e ilícitas.

O consumo de drogas, desde as lícitas e ilícitas, causam impacto direto na produtividade, principalmente quando se fala em vícios. Uma vez que, estes não ficam limitados somente ao horário de lazer, apresentando grandes efeitos em ambientes laborais.

“O uso de drogas é ocasionado pela própria sociedade, estimulado pelas mídias. Não apenas as drogas, mas também a corrupção, os crimes, o aumento da pobreza e grandes situações que causam caos”, relatou o psicólogo, reforçando que reconhecer o problema é essencial para obtenção de melhores resultados.

AMBIENTE DE TRABALHO

De maneira geral, os cuidados com a saúde devem ser tomados diariamente pelo trabalhador. “O ambiente de trabalho precisa ser um local seguro, que transmita paz e incentive o trabalhador em suas atividades. Pois níveis de estresse, pressão por parte dos superiores, acúmulos de trabalhos, acabam desencadeando o uso excessivo de medicamentos, trazendo certa dependência dessas medicações. Isso é droga! E uma vez afetado, o trabalhador começa a trazer esses problemas para os demais colegas de trabalho”, explicou Souza.

Um dos principais meios de evitar que as drogas atrapalhem o cotidiano, o desenvolvimento e produção do trabalhador são ofertando melhores condições necessárias para que os trabalhos sejam desenvolvidos. “As drogas geram prazer, dor, ansiedade, depressão, pânico, transtornos, insônia, vícios, agressividade, violência e até mesmo a morte. Quando o trabalho não é bom e possui carga horária abusiva, com assédio moral e chefias opressoras, ele gera sofrimento mental”, enfatizou o psicólogo.

Souza defende que a principal postura de quem vive casos como esses é querer sair daquela situação, adquirindo força de vontade e coragem. “Uma das soluções é priorizar e praticar emoções genuínas exemplo: o amor, solidariedade, compaixão, humildade, cooperação e perdão. Isso o afasta de muitos problemas, inclusive das drogas. Desarmar emoções falsas, ciúmes, arrogância, prepotência, tudo isso contribui com a saúde mental”.

Questionado durante a palestra sobre como enfrentar as pressões psicológicas sofridas no ambiente de trabalho e como lidar com isso, o profissional destaca que é preciso avaliar as situações, sentar e pontuar com os superiores. “Também é muito importante que o trabalhador saiba quais são suas funções dentro da empresa. Isso gera tranquilidade e evita estresse”.

PIT STOP

Das 16h ás 18h, será realizado no semáforo de confluência com as avenidas Rio Madeira e Imigrantes em Porto Velho, um Pit Stop, com colagem de adesivos para fortalecer o movimento “Rondônia contra o uso Indevido de Drogas”.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Jesica Labajos
Fotos: Jesica Labajos
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Rondônia, Saúde, Servidores


Compartilhe