Governo de Rondônia
23/06/2024

Plano ABC+ Rondônia

Governo do Estado de Rondônia

O Governo do Estado de Rondônia, através da Secretaria de Estado da Agricultura – SEAGRI, com o apoio da Superintendência Federal de Agricultura de Rondônia – SFA/MAPA define e adere sua Política Pública para o Setor de Agricultura de Baixa Emissão de Carbono (ABC+), com a elaboração do Plano de Ação Estadual-PAE/ABC+RO, em consonância ao Plano Setorial para Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária com Vistas ao Desenvolvimento Sustentável (2020-2030), proposto pelo Governo Federal.

O PAE/ABC+RO – vai em direção a uma economia de baixa utilização de carbono, associada à produção de alimentos que utilizem tecnologia de produção que emitam menos Gases Efeito Estufa – GEE, alinhado com aumentos de produtividade, redução de risco de escassez de recursos ambientais e no fortalecimento das Cadeias Produtivas da Bioeconomia por Escalas. Sem perda de Foco, essencialmente, na redução da pobreza com inclusão social via acesso à renda e emprego, melhorando o bem-estar humano e social, no atingimento aos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), em especial atenção aos (ODS’s 02 e 13).

O presente Plano, norteador dessa política, intitulado Plano de Ação Estadual de Rondônia-PAE/ABC+ (2020-2030), é fruto da participação das entidades governamentais e da sociedade civil, representada pelo Grupo Gestor Estadual – GGE e referencial para a tomada de decisões e operacionalização de uma política pública composta de um conjunto de ações, que adiante serão destacadas, que visam promover a ampliação da adoção de algumas tecnologias sustentáveis para a produção agropecuária estadual, amparadas por forte lastro científico, as quais estrategicamente permitirão, além de ganhos ambientais, maior eficiência produtiva, ampliação dos ganhos socioeconômicos, aumento da resiliência do setor e mitigação de gases de efeito estufa, entre outros benefícios.

O Plano de Ação Estadual-PAE/ABC+RO está estruturado em 8 programas:
1 – Recuperação de Pastagens Degradadas;
2 – Sistema de Plantio Direto;
3 – Integração Lavoura-Pecuária-Floresta – Sistemas Agroflorestais;
4 – Florestas Plantadas;
5 – Bioinsumos;
6 – Sistemas Irrigados;
7 – Manejo de Resíduos da Produção Animal; e

8 – Terminação Intensiva.

Plano está alicerçada com oitos eixos estratégicos do ABC+, formados por temáticas centrais a serem trabalhadas até 2030. Os quais estão interconectados entre si, e facilitarão o entendimento das interrelações entre diferentes setores e a integração das ações necessárias para o atingimento das metas do ABC.

A gestão compartilhada auxilia também no monitoramento e na avaliação dos resultados por eixo, e permite efetuar ações de comando e controle pontuais, corrigindo e ajustando-as, se necessário, ao longo curso.

1. Governança, Monitoramento e Avaliação;
2. formação, capacitação e transferência de tecnologia;
3. Assistência Técnica e Extensão Rural;
4. Comunicação e sensibilização;
5. Pesquisa, desenvolvimento e inovação;
6. Bioeconomia – cadeias /arranjos produtivos;
7. Programa de Acesso à Crédito e Financiamentos;
8. Estratégia de cooperação.


Compartilhe


Pular para o conteúdo