Governo de Rondônia
06/02/2023

DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Invest Rondônia fomenta atração de negócios para fortalecer geração de empregos

02 de novembro de 2022 | Governo do Estado de Rondônia

O Governo trabalha intensamente para fomentar Rondônia como polo de negócios do Brasil e do mundo

Rondônia conquistou nos últimos anos o reconhecimento por diversos empresários brasileiros e estrangeiros de ‘‘novo polo de negócios do Brasil’’. Conforme a Junta Comercial de Rondônia – Jucer, mais de 88 mil empresas foram abertas no Estado de 2019 até setembro de 2022, e novos negócios devem se instalar em breve. O Estado foi escolhido para instalação de uma indústria de confecção de jeans e de uma mega fazenda de tambaqui, que irão gerar milhares de empregos.
De acordo com levantamento do Invest Rondônia, desenvolvido no âmbito da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico – Sedec, que trabalha para atrair novos negócios, assim também como ajudar empreendedores a colocarem seus produtos no mercado internacional, somente neste segundo semestre de 2022 foram realizados 564 atendimentos/reuniões com empresas, entidades nacionais, internacionais e órgãos de governo; interessados nos atrativos comerciais do Estado.
Os empresários têm em comum a busca por entender melhor sobre os benefícios fiscais e tributários que podem ser obtidos, se instalando no Estado, além da segurança jurídica e localização geograficamente estratégica do Estado, considerando a região Norte e também os países andinos e a saída para o Pacífico. Além disso, há a apreciação pelo fato do Estado ser um grande produtor de alimentos de qualidade para o mundo, especialmente de soja, milho, café, e cacau, somada à pecuária forte.

Países que visitaram o Estado para estreitar as relações: Espanha, Peru, Bolívia, Estados Unidos da América, Singapura, Itália e Israel

NOVOS NEGÓCIOS
Os atrativos de Rondônia despertaram o interesse de uma indústria de confecção de jeans que anunciou que se instalará a partir de 2023, no Distrito Industrial em Porto Velho, tendo previsão de investimento de R$ 20 milhões, com estimativa para contratação de 500 funcionários. Outro grande empreendimento previsto no Estado é o Pride, anunciado por investidores de Israel, com o objetivo de desenvolver a cadeia do tambaqui.
Trata-se da implantação de uma mega fazenda de tambaqui, em Ariquemes, que funcionará como Centro de Conhecimento Sustentável para ajudar a piscicultura a se fortalecer. O projeto está na primeira fase, que é a dos estudos. Nesse momento, a Embrapa Pesca do Tocantins apresenta à Sedec o Plano de Trabalho para realização da pesquisa ao melhoramento genético e de nutrição da cadeia produtiva do Tambaqui, em parceria com a Embrapa Rondônia, Emater, Idaron e Seagri. O investimento total do empreendimento é estimado em U$ 80 milhões de dólares. A projeção é que sejam gerados 5 mil postos de trabalho.

Investidor de Israel anunciou interesse em implantar o Pride, com o objetivo de desenvolver a cadeia do tambaqui

POLÍTICAS PÚBLICAS
O Governo trabalha intensamente para fomentar Rondônia como polo de negócios do Brasil e do mundo. De acordo com a coordenadoria de Atração de Investimentos e Promoção à Exportação, 17 municípios já aderiram ao Invest Rondônia. Eles são beneficiados com cursos de capacitação e fóruns de discussão focados no desenvolvimento econômico local, são treinados para assumir protagonismo na atração de investimentos e divulgar as potencialidades de sua região e recepcionar o investidor.
Além disso, recebem material gráfico informativo como Guias de Oportunidades do Estado e Guias para Atração de Investimentos. Podem solicitar o apoio do Invest na resolução de demandas relacionadas ao Poder Público Estadual, o que os reforça como receptores de investidores e retentores de investimentos. Já foram realizados Fóruns de Desenvolvimento nos municípios de Porto Velho, Cacoal, Jaru e Pimenta Bueno, levando especialistas para tratar de demandas de cada região.
Neste último semestre, o Invest Rondônia realizou diversas ações em eventos para ajudar a estreitar relações comerciais no Estado. Credenciou junto à Setur e Seagri, 13 empresas que participaram da Feira de Gastronomia, que ocorreu em julho, no município de Porto Velho. Esteve presente na Gov Summit, o evento aconteceu em agosto, no Estado de São Paulo, onde Rondônia recebeu troféu simbólico do “Prêmio de excelência no uso de Location Intelligence na Gestão Pública”.
A equipe do Invest acompanhou, ainda, a audiência pública sobre o Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental – EIA/RIMA do Terminal Portuário Novo Remanso-TPNR, realizada em Agosto, onde foi apresentado o projeto que será realizado na região da zona Portuária Urbana de Porto Velho. Está prevista a geração de mais de mil empregos e investimentos de mais de R$ 800 milhões. Atuou também na divulgação do Festival do Tambaqui, realizado em setembro, para o mercado internacional.
Ao mesmo tempo, o Invest atuou diretamente na recepção de representações diplomáticas que visitaram o Estado para conhecer as cadeias produtivas. Entre os países estão a Espanha, Peru, Bolívia, Estados Unidos da América, Singapura, Itália e Israel. E já se articula para a realização do 2º Fórum Estadual de Desenvolvimento Econômico, buscando dar celeridade ao pleno desenvolvimento econômico de Rondônia por meio das cadeias produtivas, microempreendedorismo, inovação e gestão pública.

Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Nilson Santos/Frank Néry/Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Economia, Empresas, Governo, Rondônia, Sociedade


Compartilhe