Governo de Rondônia
Saturday, 25 de September de 2021

MEDIDAS

Operação “Verde Rondônia” desenvolve ações no combate a incêndios florestais

13 de agosto de 2021 | Governo do Estado de Rondônia

A Operação Verde Rondônia será reforçada com aumento do contingente de brigadistas para conter o avanço das queimadas florestais no Estado

A operação “Verde Rondônia” foi lançada no início deste mês de agosto com o objetivo de combater os focos de incêndios no Estado. A ação do Governo de Rondônia, desempenhada pelo comando do Corpo de Bombeiros Militar (CBMRO), já apresenta importantes resultados, que vão desde ocorrências diretas de combate aos incêndios, passando por palestras educativas e de orientação até cerca de R$ 35 mil em multas aplicadas somente na primeira semana dos trabalhos.

Segundo o coronel Nivaldo de Azevedo Ferreira, comandante do CBMRO, a proposta orientada pelo governador Marcos Rocha, visa concretamente o emprego dos instrumentos possíveis: orientação, fiscalização e ação, para conter o avanço das queimadas florestais no estado. A operação abrange ação prioritária de educação e orientação que vai desde as cidades até o campo, levando informações essenciais sobre a importância e meios de proteção ambiental e sobre os danos que as queimadas provocam.

O coronal Nivaldo, detalha algumas táticas adotadas na operação, como por exemplo o reforço de contingente em ações específicas visando a redução de incêndios acidentais e principalmente pelas coivaras “Nossa meta, neste momento, é a redução das ocorrências de degradação ambiental por uso do fogo”, disse.

Para isso, nos dias 2 a 20 de agosto, os grupamentos dos bombeiros militares em Porto Velho, Ariquemes, Ji-Paraná e Vilhena, que registram os maiores índices de ocorrências, serão reforçados diariamente com 10 agentes bombeiros militares no serviço operacional e que atuarão diretamente nos incêndios florestais e urbanos. Já os subgrupamentos serão reforçados com cinco militares, com a missão de orientação e enfrentamento aos atos de degradação ambiental.

O CBMRO informa que, neste primeiro momento, o trabalho das equipes ocorre também nos distritos de Nova Dimensão (Nova Mamoré), Vila Nova de Samuel (Candeias do Jamari) e no Município de Cujubim, Campo Novo de Rondônia, Seringueiras, União Bandeirantes e Alta Floresta do Oeste; obedecendo ao programa de ação estabelecido como prioridade. Nessas ações, segundo o CBMRO, as brigadas compostas por militares da corporação, estão equipadas e de prontidão para as atividades de prevenção, controle e combate aos incêndios florestais nessas localidades.

RECRUTAMENTO DE VOLUNTÁRIOS

Em nota divulgada à imprensa, o Corpo de Bombeiros informa que está selecionando bombeiros civis voluntários para o trabalho de enfrentamento às queimadas e crimes ambientais, e que a partir do dia 21, após o processo seletivo, o reforço para guarnições será de seis bombeiros civis diariamente nos grupamento e quatro bombeiros civis nos subgrupamentos.

Ao todo, serão empregados 135 bombeiros militares nas unidades operacionais e brigadas, todos equipados com viaturas de combate a incêndios florestais, munidos de abafadores, bombas costais, sopradores, atomizadores, moto bombas com esguichos GPS, kits de APH básico, entre outros equipamentos de proteção individual.

ATUAÇÃO E RESULTADOS

A operação “Verde Rondônia”, tem suas ações planejadas até 25 de outubro, início do período das chuvas, até lá, o Corpo de Bombeiros Militar mantém suas atividades em todas as regiões do Estado: 20 municípios, sendo 15 com Organização Bombeiro Militar, além de Nova Mamoré, Campo Novo de Rondônia, Cujubim, Seringueiras e Alta Floresta do Oeste. Mantém também sete bases para as Brigadas de Prevenção e Combate a Incêndios Florestais nos distritos de Nova Dimensão (Nova Mamoré), União Bandeirantes (Porto Velho) e Vila Samuel (Candeias do Jamari) e nos municípios de Cujubim, Campo Novo de Rondônia, Seringueiras e Alta Floresta do Oeste.

Como resultado das ações produzidas pela Operação Verde Rondônia, o CBMRO já contabiliza, no período de 2 a 7 de agosto, um total de 39 ocorrências de incêndios florestais, 40 reuniões, com palestras educativas e de orientação, com participação em rádios e outros meios de comunicação; três autuações e R$ 35 mil em multas aplicadas.

Além do Corpo de Bombeiro Militar de Rondônia, participam da Operação, o Ministério da Justiça (Operação Guardiões do Bioma), Secretaria da Segurança, Defesa e Cidadania de Rondônia (Sesdec), Polícia Militar de Rondônia (PM), Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), Secretaria de Educação (Seduc), Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia (Censipam), Centro Nacional de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais (PrevFogo-Ibama) e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), todos envolvidos na missão de proteger as florestas e os recursos naturais do Estado.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber Rodrigues Pereira
Fotos: Frank Néry
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Fiscalização, Governo, Meio Ambiente, Rondônia


Compartilhe