Governo de Rondônia
Thursday, 23 de September de 2021

Começa hoje o Simpósio de Oncologia Pediátrica em RO

06 de junho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

O Simpósio de Oncologia Pediátrica, começa nesta sexta-feira (06), às 19 horas, no Conselho Regional de Medicina (Cremero), em Porto Velho. O evento que terá duração de três dias, é gratuito e abordará questões sobre o diagnóstico precoce de câncer pediátrico e tratamento de urgência e emergência em pacientes oncohematologicos.  As inscrições são abertas para todos os profissionais ligados à saúde e poderão ser feitas no local. O evento é uma realização do Centro de Referência de Oncopediatria de Rondônia, que oferece atendimento no Hospital de Base, na Capital.

simposio 2

Durante três dias, os participantes poderão assistir palestras de especialistas, que compõem as equipes médicas dos Hospitais de Rondônia, Barretos e de Recife. Também são esperados profissionais do Estado do Acre, das áreas de psicologia, assistente social, enfermeiros, médicos, fonoaudiólogos, biomédicos, farmacêuticos, acadêmicos, entre outros.

Hoje, na Oncopediatria de Rondônia, mais de 60 crianças e adolescentes estão em tratamento, segundo informou a médica Denise Cristina de Vargas. Alguns pacientes são diagnosticados em estágio avançado devido à demora no diagnóstico da doença. “Temos pacientes que chegam debilitados, não tem muito o que fazer. Poderíamos salvar muitas vidas com o diagnóstico precoce”, explica a médica.

A médica Denise Cristina, participou do curso referente aos Sinais e Sintomas de Câncer Infantojuvenil, ofertado pelo Hospital de Barretos, no Instituto de Treinamento em Técnicas Minimamente Invasivas e Cirurgias Robóticas (IRCAD). Propondo compartilhar conhecimento, a equipe médica da Oncopediatria de Rondônia, organizou o Simpósio para capacitar os profissionais e garantir o diagnóstico precoce e envio das crianças do município com mais rapidez ao Centro de Referência, em Porto Velho.

“Cabe ao médico a difícil tarefa de identificar os sintomas do câncer, que se diagnosticado precoce, poderá antecipar o tratamento e a cura. O que dificulta a suspeita e o diagnóstico do câncer nas crianças e adolescentes, são os sinais e sintomas que são comuns em outras doenças, como febre, vômito, emagrecimento, palidez, dores abdominais. Vendo essa necessidade, estamos propondo uma grande discussão sobre o assunto e queremos vencer esse desafio”, enfatiza Denise.

Durante o evento os participantes também aprenderão sobre o transplante de medula óssea, tratamento de leucemia linfoide aguda. Na ocasião, o hemocentro de Rondônia estará coletando amostras para o cadastro voluntário de medula óssea e contará com o apoio da equipe dos Amigos de Transplantes de Medula Óssea (ATMO), que palestrará  sobre o assunto.

Câncer

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), no Brasil, o câncer é a segunda causa de mortalidade em pacientes abaixo de 19 anos. Estima-se que o câncer vitimará mais de 12 milhões de pessoas até 2030.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Lú Braga - Assessoria Fhemeron
Fotos: Ilustração campanha
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia, Saúde


Compartilhe