Governo de Rondônia
Tuesday, 28 de September de 2021

CIDADANIA

Com postos de identificação, governo de Rondônia e prefeituras reduzem tempo de entrega da carteira de identidade

04 de abril de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

Objetivo dos postos de identificação é reduzir o tempo para emissão de documentos de identidade

Objetivo dos postos de identificação é reduzir o tempo para entrega de carteiras de identidade

O governo de Rondônia e prefeituras estão possibilitando, com a instalação de postos de identificação para cadastramento de usuários que requerem a carteira de identidade, a redução no tempo de emissão deste documento, antes de 120 dias em Ji-Paraná, por exemplo, para 60 dias. O objetivo é reduzir ainda mais este tempo.

Na segunda-feira, 3, foram entregues à população postos de identificação instalados em Corumbiara e Cerejeiras. Com isso, são onze postos em atividade, com mais oito em Porto Velho no início de implantação; outros dois que serão inaugurados em Urupá e Novo Horizonte nesta quarta-feira (5) e dois servidores da prefeitura de São Felipe do Oeste recebem treinamento para cadastrar usuários.

O vice­-governador Daniel Pereira disse que é meta levar essa proposta aos 52 municípios. “Hoje temos 29 postos já instalados ou em vias de firmar o termo de cooperação técnica, que se trata de uma parceria com nossos prefeitos para que a carteira de identidade seja fornecida com mais agilidade. Hoje a demora é de até 120 dias em alguns lugares ainda; podemos reduzir para 30 dias”, disse durante ato de assinatura do termo de cooperação técnica com o prefeito Airton Gomes, de Cerejeiras.

Estudante da 3ª série, Fernanda Karine Santana de Souza, de 7 anos, foi a primeira a fazer o cadastramento no posto instalado em uma nova sala na sede da prefeitura. O servidor treinado durante 15 dias na sede do Instituto de Identificação cadastra primeiramente no sistema as informações da pessoa, mediante acesso com senha própria, depois colhe a digital na folha de identificação, fotografa e faz a identificação biométrica.

O prefeito Airton Gomes disse que ao ser consultado sobre a parceria pesquisou sobre a demanda pelo documento em Cerejeiras. “E nós verificamos que realmente é muito importante, há uma demanda grande, então abraçamos mais esta causa. A gente espera desenvolver este trabalho com seriedade, dedicação e agilidade”, declarou. Segundo Gomes, a expectativa é de cadastrar cem pessoas por mês.

Segundo o diretor do Instituto de Identificação, Júlio André kasper, há dificuldade nos serviços de malote, o que impede agilidade no envio das folhas de identidade de usuários cadastrados nas delegacias para que o documento seja finalizado na capital.

“Sabemos das dificuldades que muitos municípios tem na emissão desse documento. Sem falar que o ambiente das delegacias não é muito agradável. Então, como toda semana tem veículo da prefeitura se deslocando para levar documentos à capital, para resolver questões da municipalidade, a parceria está sendo possível, haverá mais agilidade agora”, disse.

Prefeito Airton Gomes, de Cerejeiras, assina termo de cooperação.

Prefeito Airton Gomes, de Cerejeiras, assina termo de cooperação.

Pelo termo de cooperação, o governo de Rondônia treina os funcionários das prefeituras – para cada posto estão sendo treinadas duas pessoas – e fornece os equipamentos necessários para o cadastro e coleta de informações. São máquina fotográfica digital, leitor óptico de digitais, modulo cenário para captura de imagens e módulo para acondicionamento e transporte desses instrumentos, além de fonte alimentação e licença de  acesso ao software utilizado para cadastrar. O kit tem o custo de R$ 12 mil.

A prefeitura viabiliza estrutura, computador e impressora e os servidores, que assinam um termo de responsabilidade. O termo de cooperação técnica ocorrerá pelo prazo de cinco anos. Em Corumbiara, onde não há delegacia de polícia, o termo de cooperação foi assinado pelo vice-prefeito Genadir Ribeiro, com presença de autoridades locais.

“É muito bom essa parceria, estamos muito esperançosos de que dará certo, só temos a agradecer. Muitos munícipes se deslocam para outras regiões para conseguir a identidade; agora eles vão ter economia e evitar transtornos nos deslocamentos nas estradas”, disse a vereadora de primeiro mandato Teresinha Aparecida Rosa Silva, de 48 anos, natural do Paraná.

Carla Adriana Lopes Andrade e Junior Cezar de Souza foram os servidores treinados para atender a população de Corumbiara, que não vai precisar se deslocar a Cerejeiras ou Vilhena para conseguir a identidade. Carla já trabalha com a emissão de carteira de trabalho, e não se importa de prestar mais esse serviço à população. “É algo gratificante, ajuda as pessoas”, diz, prevendo demanda grande pelo documento.

A menina Victoria Rodrigues Soares, de 10 anos, bisneta de pioneiros fundadores de Corumbiara, foi a primeira pessoa a requerer a cédula de identidade no posto inaugurado.

“Cidadania é uma ferramenta fundamental para a segurança pública. Agradeço muito aos prefeitos pela parceria, pelo compromisso de trabalharmos juntos para facilitar a vida das pessoas”¸ disse o vice-governador Daniel Pereira.

Leia mais:
Instituto de Identificação Civil e Criminal de Rondônia atendeu mais de 90 mil pessoas na emissão de Carteiras de Identidade
Mais de 400 pessoas recebem carteira de identidade na operação itinerante do Instituto de Identificação Civil e Criminal de Rondônia


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Mara Paraguassu
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Evento, Governo, Inclusão Social, Rondônia, Segurança, Servidores, Sociedade


Compartilhe