Governo de Rondônia
Friday, 24 de September de 2021

PLANEJAMENTO

Sociedade civil da região de Ji-Paraná opina sobre aplicação de investimentos até 2019

25 de junho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

George Braga na abertura da audiência pública

George Braga na abertura da audiência pública

Representantes da sociedade civil organizada conversam entre si e com técnicos do governo estadual para definir a aplicação de investimentos públicos em treze áreas específicas para a região de Ji-Paraná. O retrato sobre a opinião dessas pessoas será apresentado no final da tarde desta quinta-feira (25), na escola estadual Rio Urupá, em Ji-Paraná, quando é encerrada a audiência pública sobre o Plano Plurianual Participativo (PPA) para o  quadriênio 2016-2019.

As salas de aulas da escola Rio Urupá foram abertas para discussão às 11h, logo após o anúncio oficial da audiência pública. Diretora de escola pública estadual em Alvorada do Oeste, a professora Rosangela Sebben optou em participar da área da segurança. “Muito embora eu atue na educação, escolhi outro tema por entender que devo me manifestar sobre a importância deste serviço público para a sociedade no geral”, avalia.

“A violência tende a crescer. Este é o momento certo de discutir esta pauta e é importante o governo ouvir a população”, declarou a promotora de Justiça Eiko Daniele. Para a vereadora em Alvorada do Oeste Débora Pereira, a inclusão social é um dos assuntos de extrema relevância na cidade dela. “Me inscrevi nessa temática para apresentar propostas de melhorias lá em Alvorada”, disse a vereadora no momento da inscrição.

As diretrizes temáticas em discussão envolvem as áreas da educação; saúde; segurança; inclusão social; esporte; cultura; gestão ambiental; turismo; Indústria e Comércio; setor produtivo; infraestrutura e logística; desenvolvimento urbano e ciência, tecnologia e informação (CT & I).

A abertura da audiência pública foi feita pelo secretário estadual de Planejamento George Braga, representando o governador Confúcio Moura, que cumpre agenda em Porto Velho – inaugura escola em tempo integral para o atendimento de seiscentos alunos.

“Não é fácil administrar. Tudo depende do planejamento e estamos aqui para fazê-lo para os próximos quatro anos, como já fizemos em 2011, aqui mesmo em Ji-Paraná”, disse o secretário George Braga.

A promotora de Justiça Eiko Daniele defende atenção na segurança pública

A promotora de Justiça Eiko Daniele defende atenção na segurança pública

“Do PPA de 2011 o governo realizou vários investimentos na região que foram apontados pela sociedade”, lembrou o secretário regional Romildo Pereira, exemplificando alguns dos investimentos do governo em Ji-Paraná, como o asfaltamento urbano e construção de casas populares.

Também participaram da mesa de abertura os deputados estaduais Airton Gurgacz e Laerte Gomes, o vereador Edilson Vieira representou a Câmara de Vereadores,  o secretário municipal Antônio Geraldo representou a prefeitura, a promotora de Justiça Eiko Daniele e o presidente da Associação Comercial e Industrial local (Acijip) empresário Hugo Araújo.

Prestigiaram o evento o prefeito de Teixeiropólis Valdir Mendes de Castro;  a vice-prefeita de Urupá Delzi Maia; vereadores e secretários de Ji-Paraná e das cidades no entorno que são Presidente Médici, Alvorada do Oeste, Urupá e Teixeirópolis.

De acordo com o coordenador das audiências públicas sobre o PPA que estão sendo realizadas em diversas cidades, técnico Natan Oliveira, cerca de 280 pessoas se inscreveram para o evento em Ji-Paraná.

Nas outras audiências já realizadas o público presente foi de aproximadamente 120 pessoas em Rolim de Moura; 150 em Cacoal; 100 em São Francisco do Guaporé e  80 em Vilhena, de acordo com Natan.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Paulo Sérgio
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Assistência Social, Ecologia, Economia, Educação, Esporte, Evento, Governo, Habitação, Inclusão Social, Infraestrutura, Justiça, Lazer, Meio Ambiente, Obras, Polícia, Rondônia, Saneamento, Saúde, Segurança, Sociedade, Tecnologia, Terceiro Setor, Transporte, Turismo


Compartilhe