Governo de Rondônia
Friday, 24 de September de 2021

SAÚDE PÚBLICA

Secretarias de Saúde, Educação e da Paz promovem semana de enfrentamento às drogas de 22 a 27 em Porto Velho

10 de junho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

As aulas na rede estadual retornam no dia 2 de fevereiro

A campanha pretende orientar alunos, pais e professores

Uma campanha educativa que sirva de alerta aos pais, alunos, professores e a sociedade de modo geral, sobre os males e as consequências do uso de drogas será realizada durante a Semana de Enfrentamento à Dependência Química, promovida pela Superintendência Estadual da Paz (Sepaz), Secretaria de Estado da Saúde  (Sesau) e Secretaria de Estado da Educação (Seduc), de 22 a 27 deste mês em todo o Estado.

A campanha deste ano reunirá em Porto Velho, no auditório da Unopar, além de destacados especialistas, a comunidade e pelo menos um representante de cada escola estadual, de modo que a estratégia de enfrentamento seja repassada a toda comunidade do Estado de Rondônia, visando formar uma rede de proteção e alerta para os fatores de risco, identificando situações e propondo alternativas de solução.

De acordo com a psicóloga Carla Mangabeira, o evento abre as atividades dia 22, às 19h, com uma palestra do médico e escritor psicoeducacional Gustavo Teixeira, especialista em psiquiatria infantil e da adolescência, que abordará sobre a relação e prevenção no ambiente escolar, e como identificar alunos em uso de drogas.

As atividades da Semana serão desenvolvidas com palestras e debates sobre o tema. No dia 23, na parte da manhã, a Mesa 1 abrirá as discussões abordando “Drogas: Contexto Político e Social”, tema que reunirá especialistas, como Ronaldo Laranjeira, médico psiquiatra, coordenador da Unidade de Pesquisa em Álcool e Drogas da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Estado de São Paulo (Unifesp); Cloves Benevides, presidente nacional do Fórum de Gestores da Política sobre Drogas; e Denis Petuco, cientista social, pesquisador Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), mestre em educação e doutor em ciências sociais pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFJF).

No mesmo dia, à tarde, a programação prevê para a Mesa 2 debate do tema “Prevenção na Escola e Comunidade”, com palestras da psicóloga, Samia Abreu Oliveira, da Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool, e outras drogas do Ministério da Saúde; Roberlayne Roballo, secretária municipal de Educação de Curitiba (PR), que tem uma experiência singular na área de prevenção às drogas; finalizando com a palestra de Márcio Batista, vice-prefeito e secretário municipal de Educação de Rio Branco (AC), também especialista em estratégias de prevenção e enfrentamento às drogas.

Para o dia 24, das 8h às 12h (Mesa 3), um tema palpitante – Redes de Prevenção e Assistência – reunirá especialistas, como o psicólogo Paulo Calheiros, professor da Universidade Federal de Rondônia (Unir) e coordenador do Centro Regional de Referência (CRR)/Senad), que tem uma atuação destacada na atenção a usuários de crack e outras drogas; e o psiquiatra Thiago Fidalgo, do Departamento de Psiquiatria da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), que atua como coordenador do setor de adultos do Programa de Orientação e Atendimento a Dependentes (Proad) do Departamento de Psiquiatria da Escola Paulista de Medicina da Unifesp.

Segundo a psicóloga, Carla Mangabeira, as atividades dos dias 25 e 26 (Dia Mundial de Combate às Drogas) serão dirigidas à mobilização social, com “pit stop”, entrevistas e rodas de debates em rádios e TVs, encerrando dia 27 na Praça Aluízio Ferreira, com atividades que, como as demais, visam sensibilizar a todos e, principalmente, aos familiares dos usuários de drogas quanto à0 importância do acolhimento e reinserção na vida familiar.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Cleuber R Pereira
Fotos: Admilson Knightz
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Educação, Evento, Governo, Rondônia, Saúde, Serviço, Sociedade, Solidariedade


Compartilhe