Governo de Rondônia
Friday, 24 de September de 2021

ECONOMIA

Primeiro Portal do Agronegócio é aberto em Vilhena

02 de setembro de 2016 | Governo do Estado de Rondônia

Abertura do Primeiro Portal do Agronegócio em Vilhena

Abertura do Primeiro Portal do Agronegócio em Vilhena

“Segundo uma antiga lenda do povo Maia, a primeira chuva é uma bênção dos céus, porque faz germinar as sementes que nos alimentam”, disse Daniel Pereira, governador em exercício, se referindo à chuva que teve início na madrugada e se estendeu por toda a manhã, ao abrir o Primeiro Portal do Agronegócio em Vilhena, nesta sexta-feira (2), às 9h30, na sede social da Associação Comercial e Industrial de Vilhena (Aciv).

Evandro Padovani, Secretário da Agricultura de Rondônia (Seagri), informou que o evento é uma ação conjunta entre o governo de Rondônia, por meio da Seagri, em parceria com a Aciv; Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater-RO); Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Rondônia (Faperon); Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril doestado de Rondônia (Idaron); Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

O titular da pasta da agricultura relacionou outros parceiros, também importantes: Florasetec; Junta Comercial do Estado de Rondônia (Jucer); Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic); Federação Nacional das Empresas de Serviços e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon); Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e empresariado do Cone Sul; Federação da Indústria de Rondônia (Fiero); Federação do Comércio de Rondônia (Fecomércio-RO); Banco do Povo de Rondônia e Prefeitura de Vilhena.

Antes da abertura, houve o hasteamento da bandeira do Brasil e o canto do hino nacional brasileiro, com a tropa do quartel de tiro de guerra do exército sediado em Vilhena, autoridades e público perfilados.

O senador Valdir Raupp falou da necessidade de se agilizar a regularização fundiária rural, “pois assim integramos este enorme contingente de trabalhadores ao corpo da sociedade, abrindo a possibilidade de crédito e financiamento para sua terra e lavoura, dando segurança jurídica, legitimando a posse, dando assistência técnica e novas tecnologias que vão profissionalizar seu empreendimento”.

O governador em exercício, Daniel Pereira, juntamente com o secretário da Seagri, o presidente da Emater-RO, Francisco Coutinho – o Chiquinho -, e o Senador Raupp, assinaram vários termos de cooperação.

Assinatura de termos de cooperação

Assinatura de termos de cooperação

O primeiro foi o do projeto ”Melhoria da produção de leite na região do Cone Sul com a utilização da biotecnologia da fecundação in vitro (FIV)”, com recursos do Fundo Pro-Leite, que atenderá a 50 produtores rurais de Colorado do Oeste e região, no valor de R$ 750 mil.

O segundo foi o protocolo de intenção “Leite a Pasto” que, autorizado pelo Conselho de Desenvolvimento da Pecuária Leiteira do Estado de Rondônia (Condalron), promove a implantação de unidades didáticas de manejo de pastagem, que visam o aumento da produção e produtividade, melhoria da qualidade do leite e modernização da cadeia produtiva.

O último termo foi o protocolo de intenção de aquisição de implementos agrícolas, também devidamente autorizado pelo Condalron, que atende a demandas de diversos produtores de leite do Estado.

Eloy Maria, diretor da Aciv, agradeceu a confiança depositada na instituição ao ser escolhida para sediar o Primeiro Portal do Agronegócio.

Padovani ao afirmar que este portal era um sonho de mais de oito anos, lembrou e agradeceu a todos que ajudaram a concretizá-lo. “Sou do Cone Sul e vejo a cada dia esta região se tornar protagonista na inovação e na produtividade agropecuária. Além do gado, esta região vem despontando como a maior produtora de arroz e soja do Estado e, breve assumirá a dianteira na produção de feijão irrigado”.

Daniel Pereira disse que até o final do mandato do governador Confúcio Moura, Rondônia terá uma misturadora de adubo e aproveitou para informar que, “enquanto não temos a nossa (misturadora de adubo), a cidade de Rondonópolis (MT) já está produzindo este insumo e quem quiser por adquirir com uma economia de até R$ 150 por tonelada, com relação ao adubo que temos comprado de Santa Catarina e Rio Grande do Sul”.

Na pessoa do senador Raupp, o governador em exercício agradeceu o esforço da bancada federal de Rondônia que, usando suas emendas parlamentares, conseguiram 400 equipamentos agrícolas, no valor de mais de R$ 122 milhões.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Marco Aurélio Anconi
Fotos: Marco Aurélio Anconi
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Água, Convênios, Distritos, Ecologia, Economia, Empresas, Governo, Inclusão Social, Indústria, Infraestrutura, Justiça, Meio Ambiente, Piscicultura, Polícia, Rondônia, Segurança, Serviço, Tecnologia, Terceiro Setor, Turismo


Compartilhe