Governo de Rondônia
Saturday, 25 de September de 2021

SERVIÇOS PÚBLICOS

Porto Velho “vai virar a página” com a obra de esgotamento sanitário, afirma Confúcio Moura

11 de agosto de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

No evento em que foi assinada a ordem de serviço para a contratação do projeto básico e execução da obra de esgotamento sanitário, que beneficiará 43 bairros de Porto Velho, nessa segunda-feira (10), o governador Confúcio Moura disse que tão logo esta e outras obras em execução destinadas a oferecer 100% de água tratada estiverem concluídas, a avaliação de órgãos federais que medem a qualidade de vida será outra.

assinatura da Ordem de Serviço do Esgoto Sanitário de Porto Velho Sistema Sul fotos de ésio Mendes

Governador Confúcio Moura destacou os benefícios da obra de esgotamento

“A nota que a cidade vai receber desses órgãos será outra. Porto Velho deixará de ser uma cidade insalubre, em que os lençóis de água no tempo chuvoso circulam livremente, jorram nos quintais das casas, nas ruas da cidade. Tudo isso será passado”, disse Confúcio Moura.

O governador registrou a marca do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que confere a Rondônia de 1% a 2% de esgoto em todo o Estado. “Temos em Alvorada do Oeste e um pouco em Cacoal. O restante do Estado é zero por cento; somente existe a fossa comum, que todos nós temos em casa”, afirmou, após relatar que foi muito difícil licitar o projeto em razão do desafio que encerra e o volume de recursos envolvidos.

“Estamos satisfeitos, e desejo que as empresas desenvolvam seu trabalho como esperado. São 50 meses de trabalho, são quatro anos, e espero que o consórcio possa nos surpreender e entregar esta obra antes de concluir meu mandato. Vamos fazer um esforço para acelerar as obras. Gostaria muito de entregar à população de Porto Velho, que vai apresentar mais qualidade de vida”, ressaltou.

Confúcio Moura disse que na Capital existem outros três contratos para dotar a cidade de cobertura total de sistema de abastecimento de água tratada. “Dois contratos estão em execução, e um está aguardando autorização da Caixa para reiniciar, para que a Capital tenha 100% de água tratada”, garantiu.

Além de Porto Velho, o governador citou também obra em Rolim de Moura, com investimentos de quase R$ 40 milhões defendidos pelos deputados federais Marinha Raupp e Lindomar Garçon e pelos senadores do Estado, além da execução de esgotamento sanitário em Jaru, cuja ordem de serviço já assinada prevê 100% de cobertura. “Temos também obras em Ji-Paraná, apenas aguardando autorização da Caixa para licitar o esgotamento sanitário. É um investimento de R$ 179 milhões, e a obra atenderá 100% da cidade”, destacou.

Porto Velho, que nas palavras do vice-prefeito Dalton Di Franco experimenta uma parceria com o governo estadual nunca vista em sua história, “vai virar a página”, conforme o governador.

“Queremos ver Porto Velho bonita, digna, saneada, orgulhosa. Porto Velho tem de ser o salão de visitas do Estado de Rondônia. Aqui é a Capital do Estado, temos de puxar para cima a vaidade do rondoniense, que tem de encher a boca e dizer ‘eu moro em Porto Velho, com muito orgulho’”, ressaltou.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Mara Paraguassu
Fotos: Esio Mendes
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Água, Evento, Governo, Infraestrutura, Obras, Rondônia, Saneamento, Saúde, Serviço


Compartilhe