Governo de Rondônia
Friday, 24 de September de 2021

VITRINE TECNOLÓGICA

Opção de plantio de floresta na agricultura familiar será demonstrado durante a Rondônia Rural Show em Ji-Paraná

11 de abril de 2017 | Governo do Estado de Rondônia

A plantação de floresta será fomentada junto aos pequenos produtores durante a 6ª Rondônia Rural Show, evento do agronegócio que ocorrerá de 24 a 27 de maio em Ji-Paraná. A agricultura familiar responde hoje por 85% das propriedades rurais de Rondônia.

Consultor florestal, Adilson Pepino, já preparou os talhões de florestas para apresentar aos visitantes da Rondônia Rural Show

Consultor florestal, Adilson Pepino, já preparou os talhões de florestas para apresentar aos visitantes da Rondônia Rural Show

Também chamada de Poupança Verde, a floresta plantada se apresenta como alternativa de ganho em longo prazo. O produtor da agricultura familiar deve continuar com as atividades e iniciar o plantio experimental em apenas um alqueire da propriedade. A floresta poderá ser consorciada com outras culturas, como a pastagem e/ou alimentos, por exemplo.

“A diversificação de culturas na propriedade aumenta a capacidade produtiva e eleva os ganhos do produtor”, disse o secretário estadual de Agricultura, Evandro Padovani, anunciando que durante o evento do agronegócio ao produtor rural será ofertado amplo conhecimento teórico e prático sobre floresta na vitrine tecnológica. “Ao final de 12 anos, a extração do mogno asiático vai render ao produtor R$ 680 mil”, revelou o consultor florestal, Adilson Pepino, que já preparou os talhões de florestas para apresentar aos visitantes da Rondônia Rural Show.

Na vitrine tecnológica da 6ª Rondônia Rural Show, o agricultor terá oportunidade de conhecer vários modelos de plantio de florestas, como a Integração Lavoura Pecuária e Floresta (ILPF), Integração Lavoura e Floresta (ILF) e Integração Pecuária e Floresta (IPF). Todos esses sistemas foram preparados para que o produtor aprenda sobre a viabilidade e vantagem que as novas árvores trazem ao meio ambiente e ao bolso dele.

Nos Sistemas Agroflorestais (SAF’s) os resultados são mais rápidos. “Nesse sistema demonstramos que é possível produzir madeira e alimentos na mesma área, favorecendo rentabilidade sem atrapalhar nas atividades do dia a dia do homem do campo”, citou o consultor Adilson Pepino, ao mostrar o mogno asiático consorciado com alimentos, como a mandioca, batata doce, inhame, melancia, cabotiá, quiabo e outros três tipos de abóboras.

O governo estadual incentiva o plantio de espécies exóticas e/ou nativas alimentando a alternância de renda do pequeno produtor.

Leia mais:
Vitrine Tecnológica é ampliada para a 6ª edição da Rondônia Rural Show
Começa preparação das estradas de acesso ao parque da Rondônia Rural Show em Ji-Paraná


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Paulo Sérgio
Fotos: Paulo Sérgio
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Ecologia, Economia, Evento, Governo, Meio Ambiente


Compartilhe