Governo de Rondônia
Tuesday, 19 de October de 2021

HOMENAGEM

Marinha entrega Medalha da Ordem do Mérito Naval a bordo do Navio Patrulha Fluvial Rondônia

22 de junho de 2021 | Governo do Estado de Rondônia

A medalha com o “Grau Grande Oficial” é designado a personalidades nacionais e estrangeiras como chefes de Estado

Em ato solene na manhã desta terça-feira (22), o governador do Estado de Rondônia, Marcos Rocha, foi agraciado com a medalha da Ordem do Mérito Naval no “Grau Grande Oficial”, concedida pela Marinha do Brasil através do 9º Distrito Naval em Manaus (Com.9ºDN). A cerimônia ocorreu a bordo do Navio Patrulha Fluvial Rondônia no Terminal Hidroviário, em Porto Velho, contando com a participação de várias autoridades, além da condecoração de dois suboficiais que integram a corporação.

Acompanhado também de sua família, o governador agradeceu a acolhida e o reconhecimento prestados pela entidade militar. “Receber esta premiação dos militares é como abraçar a responsabilidade da missão na qual vivencio na região amazônica, de modo especial, no território rondoniense. Como chefe de Estado, tenho orgulho de fazer parte de uma lugar onde concentram belezas naturais, cultura, tradição e muitas outras riquezas originadas do esforço de muitos trabalhadores”, destacou.

Em discurso, o governador Marcos Rocha destacou a parceira da Marinha do Brasil com o Estado de Rondônia

Na ocasião, o chefe do Executivo Estadual enfatizou a missão que a Marinha do Brasil desempenha em parceria com o Estado em benefício da sociedade. O órgão é representado na Capital pela Capitania Fluvial de Porto Velho, cuja operações e atividades logísticas navais são executadas conjuntamente com o 9º Distrito Naval em Manaus. “Aos meus nobres militares, vou carregar esta medalha como representatividade da missão que assumi, e também a sintonia que nosso Governo tem com vocês”.

O comandante da Com.9ºDN, vice-almirante Ralph Dias da Silveira Costa, disse que para cerimônia ocorrer foi necessário trazer o Navio Patrulha Fluvial Rondônia, que pertence à divisão de navios do Estado do Amazonas chamada de flotilha. Emocionado, Silveira Costa realizou uma breve explanação histórica sobre a vitória da Batalha Naval de Riachuelo, às margens do rio Paraná, ocorrida em 11 de junho de 1865, sob o comando de Almirante Barroso.

“Quando nos lembramos deste evento, também fazemos um momento de reflexão, pois houve muitos feridos e famílias sendo desfeitas. ‘O Brasil espera que cada um cumpra o seu dever’, dizia Barroso há mais de 155 anos, tornando-se uma mensagem de valor para refletir a necessidade do patriotismo. Os meus sinceros parabéns ao governador por levar consigo este sentimento, que vemos através do seu trabalho”, declarou.

Durante a solenidade teve a imposição da medalha no “Grau de Cavaleiro” para dois militares que integram a corporação, ao suboficial Carlos Alberto dos Santos e ao suboficial Alexander dos Santos Dias. Durante a mensagem proferida pelo governador, ele parabenizou a missão na qual os militares exercem na Amazônia. “Parabéns pelo zelo e respeito à carreira militar assumida. Que Deus possa abençoar vocês e conduzir por um caminho seguro todos os dias”.

Na solenidade estiveram presentes diversas autoridades, como a primeira-dama e também secretária de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seas), Luana Nunes de Oliveira, o procurador de Justiça do Ministério Público de Rondônia Carlos Grott, o superintendente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) Rommel Pessoa Dantas, o coronel Danilo Popp Lucas da Base Área de Porto Velho, comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), coronel Nivaldo de Azevedo Ferreira, o subcomandante da Polícia Militar (PM) coronel Áureo César da Silva, o coronel Luciano Freitas Sousa da 17ª Brigada de Infantaria e Selva (7ª Bda Inf SI), a presidente da Sociedade Amigos da Marinha (Soamar) de Humaitá, Daliete Nascimento de Souza e do presidente da Soamar de Porto Velho, Aparício Carvalho de Moraes e demais instituições da capital.

ORDEM DO MÉRITO NAVAL

Para o “Grau Grande Oficial”, a insígnia é usada pendurada no pescoço da respectiva pessoa que recebe

O ato de impor medalhas em oficiais, chefes de Estado e demais autoridades de um país, já é uma tradição longínqua. Na Marinha do Brasil, a condecoração foi criada pelo Decreto nº 24.659, de 4 de julho de 1934, destinando-se a premiar militares que fazem parte da entidade que se tenham destacado no exercício de sua profissão e, como prioriza o Artigo 4º da referida normativa: “excepcionalmente, corporações militares e instituições civis, nacionais e estrangeiras, suas bandeiras e estandartes, assim como personalidades civis e militares, brasileiras ou estrangeiras que prestaram serviços relevantes à Marinha do Brasil”.

O “Grau Grande Oficial” é designado a personalidades nacionais e estrangeiras, como: chefes e ministros de Estado, chefes de forças navais, chefes de Estado-maior e oficias-generais das forças armadas de posto equivalente no mínimo, igual ou superior a vice-almirante. A insígnia usada é pendurada no pescoço da respectiva pessoa que recebe.

Confira a galeria de imagens


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Jackson Vicente
Fotos: Daiane Mendonça
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Cerimônia, Evento, Rondônia


Compartilhe