Governo de Rondônia
20/04/2024

DESENVOLVIMENTO

Indicadores ambientais e de produtividade apontam que Rondônia avança em sustentabilidade

04 de novembro de 2023 | Governo do Estado de Rondônia

Rondônia conquista da redução de 70% do desmatamento e avança na economia verde

Com adoção de políticas públicas focadas na sustentabilidade e inovação nas cadeias produtivas, Rondônia avança na economia verde, com indicadores ambientais positivos, a exemplo da conquista da redução de 70% do desmatamento, e ao mesmo tempo prospera na produtividade, se posicionando como um grande produtor de alimento para o Brasil e o mundo, tendo o maior rebanho bovino com padrão de sanidade, liderança na produção do tambaqui.

O governador Marcos Rocha destacou o compromisso do Governo de Rondônia em avançar em boas práticas sustentáveis. ‘‘Rondônia é um estado que tem fortalecido as políticas públicas voltadas para impulsionar a economia verde, melhorar a qualidade de vida da população, assim também como colaborar mais para o desenvolvimento do país, e atender a necessidade mundial de alimentos produzidos com sustentabilidade’’, afirma.

Localizado no Norte do Brasil, na região Amazônica, o Estado tem despontado no desafio global de equilibrar o aumento da produção de alimentos com a redução dos impactos ambientais por meio de soluções impulsionadas pelo Governo de Rondônia. O estado alcançou o 2º maior Valor Bruto de Produção Agropecuária (VBP) da região Norte, com arrecadação superior a R$ 20,7 bilhões. E ficou no 11º lugar no ranking nacional, em setembro deste ano.

Rondônia recebeu, esse ano, do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (Inpi) o reconhecimento da Indicação Geográfica (IG), na categoria “Indicação de Procedência”, para a produção de Tambaqui, ou seja, o Tambaqui é de Rondônia. E soma-se a Indicação Geográfica por denominação de origem do café, que ficou conhecido como “Café Matas de Rondônia”.

Governo de Rondônia distribui mudas com melhoramento genético para revitalizar cafeicultura

PRODUTIVIDADE

No Estado, a revitalização de lavouras acontece com distribuição de mudas com melhoramento genético pelo Governo de Rondônia, através do Programa Plante Mais, o que permite produzir mais, usando a mesma área de cultivo. Uma das cadeias produtivas beneficiadas é a cafeicultura e já colhe bons resultados, tendo ocupado todos os lugares no pódio da premiação do Coffee Of The Year 2022, na categoria canéfora.

O Governo de Rondônia também tem ações de incentivo com o programa Mais Calcário, que faz o transporte desse insumo para melhorar a qualidade do solo, para ter mais produtividade, sem avançar em extensão da área ocupada. Em 2023, foram realizados o transporte de 13.860 toneladas de calcário. Além disso, o Estado tem o maior rebanho bovino livre de febre aftosa sem vacinação.

Rondônia destaca-se também na produção de peixe, sendo o terceiro maior produtor no país e líder nacional na produção da espécie Tambaqui, conforme o Anuário da Piscicultura 2022 da Associação Brasileira da Piscicultura –Peixe BR. Com o programa Peixe Saudável, por meio de laboratórios móveis, o Governo trabalha a sustentabilidade na piscicultura.  E tem conquistado cada vez mais o mercado consumidor, com iniciativas de divulgação dessa cadeia produtiva por meio do Festival Internacional do Tambaqui, que este ano foi realizado também em São Paulo e em Miami, nos Estados Unidos.

INOVAÇÕES E TECNOLOGIAS

E por meio da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater), o Governo disponibiliza a assistência técnica gratuita aos agricultores familiares com acesso às políticas públicas como o Paisagens Sustentáveis, para recuperação de áreas degradadas; o melhoramento genético através da disponibilização do nitrogênio líquido para os produtores da cadeia produtiva do leite com inseminação artificial.
E ainda o Rufião Móvel, um laboratório móvel equipado com aparelho de ultrassonografia para fazer o diagnóstico de gestação e também o levantamento reprodutivo da bovinocultura de leite; o Robusta Café, para ajudar os produtores a melhorarem a qualidade dos cafés, e o Consultec, que tem como objetivo a consultoria técnica voltada para o impulsionamento da produção de leiteira.
Além disso, a melhoria da qualidade e aplicação da sustentabilidade na produção do queijo, do cacau e do café são incentivadas pelo Governo de Rondônia, por meio de concursos realizados pela Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri), com premiações dos produtores no Conqueijo, Concafe e Concacau. No Estado, a agricultura familiar está presente em mais de 80% das propriedades rurais.

Aquisição de embarcações e outros equipamentos fortalece proteção do meio ambiente

PRESERVAÇÃO

O Governo do Estado investe na aquisição de materiais de Educação Ambiental, bem como, ações itinerantes nos 52 municípios; avança nos Cadastros Ambientais Rurais (CAR), para que as produções aconteçam com sustentabilidade; e em 2021, entregou o prédio da Coordenadoria de Geociências (Cogeo), bem como a estruturação para realizar o monitoramento dos índices de desmatamento.

Investimento devolvido em resultado. Rondônia registrou a maior queda no desmatamento em relação aos últimos quatro anos, sobretudo em Unidades de Conservação e Territórios Indígenas, de janeiro até setembro de 2023, conquistando uma redução de 70% do desmatamento em todo estado de Rondônia.

Quanto às Unidades de Conservação, é ainda maior, chegando a atingir 75,3%. Já em relação aos territórios indígenas, as informações apontam uma diminuição em 72,94% em comparação aos registros anteriores. Os dados foram obtidos pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Ambiental – Sedam, por meio da Coordenadoria de Geociências – Cogeo, que utiliza o sistema Deter do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Conforme dados do MapBiomas 2021, cerca de 55% do território rondoniense é composto por florestas.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Vanessa Moura
Fotos: Daiane Mendonça/Lívia Balbino
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Água, Ecologia, Economia, Governo, Rondônia, Servidores, Sociedade


Compartilhe


Pular para o conteúdo