Governo de Rondônia
Thursday, 23 de September de 2021

Desabrigados pela cheia do rio Madeira terão direito a moradia popular

27 de março de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

4 - MIN CIDADES

Audiência com secretária nacional de Habitação

Em audiência na quarta-feira (26), no Ministério das Cidades, o governador Confúcio Moura, solicitou à secretária Nacional de Habitação, Inês Magalhães uma solução para atender as famílias de desabrigados dos municípios de Porto Velho, Guajará–Mirim, Nova Mamoré, distritos e comunidades adjacentes, vítimas da enchente, com moradias do Programa Minha Casa, Minha Vida.

A secretária Nacional de Habitação explicou ao governador todos os procedimentos para reassentar as famílias que estão vivenciando o drama da cheia do rio Madeira.

Segundo ela, os desabrigados comprovadamente têm o incentivo, por isso não pagarão as mensalidades da moradia, no entanto, os demais requerentes do programa habitacional do governo federal seguirão o rito normal do Ministério das Cidades.

Segundo o governador, o processo para atender os desabrigados com as novas moradias deverá começar logo que as águas do rio começarem a normalizar. “Baixando as águas, nós vamos dimensionar o estrago causado e saber do desejo das famílias de mudar para outro lugar, continuar por ali, ou virem a morar nas casas que nós estamos construindo”, disse Confúcio Moura.

5 - CIDADES“Ninguém vai ser obrigado a sair, vai ser voluntariamente. Será um acordo feito com papel assinado e a gente tem que honrar para que a pessoa não passe por esse constrangimento, essa dificuldade que estão vivendo hoje”, assevera o governador.

Também participaram da reunião, o especialista em infraestrutura do Ministério das Cidades, Rui Pires, e a Superintendente de Integração do Estado de Rondônia em Brasília (Sibra), Elizete Lionel.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Zózimo Macêdo - Sibra
Fotos: Zózimo Macêdo
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Habitação


Compartilhe