Governo de Rondônia
22/07/2024

CUIDADOS

Servidores do sistema penitenciário participam de treinamento para diagnóstico e combate à hanseníase

13 de junho de 2024 | Governo do Estado de Rondônia

Servidores receberam o treinamento para aplicação dos Questionários de Suspeição de Hanseníase

Visando a prevenção da hanseníase dentro das penitenciárias do estado de Rondônia, foi realizado o curso de “Capacitação Teórico-Prática em Hanseníase: Pontos Focais”, no auditório da Fazenda Futuro, na terça-feira (11), em Porto Velho, onde 23 servidores que atuam no sistema prisional receberam o treinamento para aplicação dos Questionários de Suspeição de Hanseníase (QSH).

A ação é uma parceria entre Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), Agência Estadual de Vigilância em Saúde de Rondônia (Agevisa/RO) e Secretaria Municipal de Saúde (Semusa), Escola Estadual de Serviços Penais (Esep) e Gerência de Saúde (Gesau) da Sejus. O curso foi ministrado pelas integrantes da Coordenação Municipal de Hanseníase, Albanete Mendonça e Sheila Arruda, e compõe um cronograma de ações de combate à doença, objetivando aperfeiçoar os servidores com conhecimentos teóricos e habilidades práticas sobre hanseníase, ampliando as chances da detecção precoce e aplicação do tratamento adequado.

De acordo com a gerente da Gerência de Saúde da Sejus, Miriam Fighera, o trabalho em conjunto entre os órgãos e servidores, para ações contra a hanseníase, que é uma doença silenciosa, é fundamental, pois fortalece medidas preventivas de acompanhamento e monitoramento regular.

Essa ação, movimentada pela Secretaria Municipal de Saúde, Agevisa/RO e Sejus, pretende realizar uma busca ativa pela doença para realizar o diagnóstico e tratamento da enfermidade, tratamento este, disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) para a população.

CRONOGRAMA DE AÇÕES

A capacitação teórica terá continuidade nos dias 1º e 2 de julho e posteriormente, nos dias 3 e 4, será realizado um mutirão de atendimento às pessoas privadas de liberdade em busca de sintomas da doença, conforme preenchimento do QSH, com a intenção de identificar e iniciar o tratamento em possíveis casos, diminuindo assim, as chances de disseminação, por meio do tratamento precoce.

 

ENTRE NO GRUPO DE WHATSAPP E RECEBA NOTÍCIAS EM PRIMEIRA MÃO


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Taiana Mendonça
Fotos: Assessoria Sejus
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Capacitação, Cidadania, Governo, Porto Velho, Porto Velho, Rondônia, Saúde


Compartilhe


Pular para o conteúdo