Governo de Rondônia
Sunday, 17 de October de 2021

ATIVIDADES

Sedam realiza ação em comunidades indígenas de Cacoal para viabilizar o etnoturismo e desenvolvimento ambiental

28 de setembro de 2021 | Governo do Estado de Rondônia

Superintendente da Setur, Gilvan Pereira, conhece projetos em aldeias da comunidade 

Um novo olhar para o turismo indígena tem transformado o cenário das comunidades de Rondônia. Com esta proposta, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sedam) e da Superintendência de Turismo (Setur), tem buscado medidas para fortalecer o turismo e o desenvolvimento ambiental dentro das comunidades indígenas, incentivando a conservação e o desenvolvimento ecológico. Nesta premissa, servidores da Sedam e o superintendente da Setur, Gilvan Pereira Júnior, visitaram na última semana, as aldeias da comunidade indígenas do  município de Cacoal.

O turismo em terras indígenas engloba segmentos distintos e atividades culturais. Com isso, o povo Paiter Suruí, localizado em Cacoal, vem desenvolvendo a atividade de etnoturismo como uma das estratégias de valorização e divulgação de sua cultura. Durante uma semana, a equipe técnica da Sedam conheceu algumas comunidades indígenas da Linha 7 de setembro, em Cacoal. A proposta do encontro é promover o planejamento do turismo na aldeia, com o objetivo de ajudar desenvolver a economia dos povos e ampliar o grau de conhecimento da população geral sobre a cultura indígena. Assim, todos terão uma visão mais clara sobre a importância de cada elo e sobre prioridades para o desenvolvimento dos serviços turísticos.

Com esta proposta, a Coordenadoria de Povos indígenas da Sedam, (Copim) tem o compromisso de  subsidiar o diálogo e decisões das comunidades, assim como a articulação com operadores de turismo. Dentre as atividades realizadas, a equipe técnica da Sedam conheceu as demandas por turismo em terras indígenas e os fatores que determinam as escolhas dos turistas. Dentro da área ambiental esta parceria tem como objetivo identificar a recuperações de nascente dos rios no território.

Para o cacique Almir Suruí, esta parceria com o Governo de Rondônia vai  potencializar o turismo como um dos principais projetos de desenvolvimento sustentável e do fortalecimento local. “É o principal caminho para um desenvolvimento responsável e planejado”, acrescentou.

TURISMO EM TERRA INDÍGENA

Os técnicos da Sedam puderam conhecer e participara de algumas tradições do povo Suruí

A Terra Indígena 7 de Setembro, onde vivem os indígenas da etnia Paiter, está localizada em uma região fronteiriça, ao norte do município de Cacoal até o município de Aripuanã (estado do Mato Grosso), com acesso pelas linhas de acesso 7, 8, 9, 10, 11, 12 e 14. E possui um Plano de Negócio de Turismo que visa atrair turistas que desejam conhecer o meio ambiente, a cultura e os costumes do Povo Suruí, garantindo assim, a médio e longo prazo, a autonomia econômica dos indígenas, resultado de pesquisas e discussões participativas, levantamentos de campo e oficinas de capacitação conduzidas pela Associação de Defesa Etnoambiental (Kanindé) para o desenvolvimento das atividades de turismo e geração de renda. Uma das propostas de turismo das tribos é oferecer pernoite nas aldeias para acampamento, ou, podendo cobrar um adicional para a estadia dentro da comunidade para pessoas que procuram experiências indígenas. Um dos projetos criados pela comunidade é a construção em oca tradicional para a hospedagem de turistas.

O cacique da Aldeia Iratana na linha 10, Anderson Suruí, apontou que com os projetos tem-se buscado apoio local, nacional e internacional para implementação do turismo e o desenvolvimento ecológico nas comunidades, como forma de potencializar a sustentabilidade econômica do território. “A gente quer deixar o turismo acessível a todos, oferecer isto às pessoas, estruturar nosso povo para receber estes projetos. Também queremos que as pessoas tenham a vivência com a nossa cultura, conhecendo nossas tradições“, acrescentou.

Como forma de apoiar estas demanda, o Governo de Rondônia, por meio da Sedam, em parceria com a Setur, vai criar propostas voltados ao ecoturismo, aventura e etnoturismo na região, através do desenvolvimento de projetos, capacitação e divulgação de ações voltadas a cultura e meio ambiente.

Participaram da ação o o gerente de desenvolvimento ambiental indígena da Coordenadoria de Povos indígenas (Copin), Rubens Naraikoe Surui; O secretário Municipal de Indústria, Comércio e Turismo de Cacoal (Semict), Elizeu Santos; a gerente do Erga/Sedam de Cacoal Thalitta Cota, e servidores da Sedam e Setur.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Jaqueline Damaceno
Fotos: Jaqueline Damaceno
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Meio Ambiente, Sociedade, Turismo


Compartilhe