Governo de Rondônia
13/07/2024

MEIO AMBIENTE

Relatório Anual aponta redução de mais de 70% no desmatamento em Rondônia

30 de maio de 2024 | Governo do Estado de Rondônia

Rondônia se destaca como o segundo estado do país com a maior diminuição de degradação florestal

O governo de Rondônia registrou uma redução significativa no desmatamento em 2023, marcando uma diminuição de 70,1% em relação ao ano anterior, menor índice dos últimos cinco anos, conforme constatado no Relatório Anual de Desmatamento (RAD 2023) do MapBiomas (sistema de validação e refinamento de alertas de desmatamento com imagens de satélite de alta resolução). A confirmação veio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), por meio da Coordenadoria de Geociências (Cogeo), nesta quarta-feira (29), evidenciando uma tendência positiva na preservação ambiental da região. Com essa redução, Rondônia se destaca como o 2° estado do país com a maior diminuição de degradação florestal.

Os dados também revelam uma diminuição nos alertas de desmatamento na região. Em 2023, foram registrados apenas 2.071 alertas, em comparação com os 4.570 alertas do ano anterior. Esse declínio acentuado confirma a trajetória de preservação ambiental no estado, e marca 2023, como o período com a menor quantidade de alertas de desmatamento nos últimos cinco anos. Tais números ressaltam os esforços contínuos e eficazes para proteger as florestas de Rondônia e promover uma abordagem mais sustentável ao desenvolvimento da região.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha os investimentos no desenvolvimento de sistemas de monitoramento do desmatamento resultaram na redução. “As ações estratégicas implementadas para a redução do desmatamento vão ao encontro do engajamento com a proteção e conformidade com a legislação ambiental. Com investimentos em equipamentos, operações e trabalho de fiscalização e educação ambiental, o estado está obtendo resultados expressivos contra o desmatamento”, destacou.

Segundo o secretário da Sedam, Marco Antonio Lago, a redução do desmatamento reflete um esforço conjunto para proteger as florestas. “A utilização dessas informações embasam ações de proteção ambiental e a preservação dos recursos naturais. Vamos utilizar esses dados para orientar políticas e iniciativas de conservação, garantindo assim, a proteção de biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos que as florestas oferecem”, resaltou.

De acordo com o coordenador da Cogeo, Guilherme Vilela, o Relatório Anual de Desmatamento (RAD 2023), desenvolvido pelo MapBiomas, vem ratificar os valores analisados pelos sistemas da Sedam. “Esses sistemas são fundamentais para a identificação e acompanhamento das áreas desmatadas, permitindo ações mais eficazes de controle e preservação. A convergência dos dados reforça a precisão e confiabilidade dos métodos de monitoramento utilizados, evidenciando a importância de ferramentas tecnológicas avançadas na gestão ambiental e no combate ao desmatamento”,  pontuou.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Adenilson Florentino
Fotos: Milton Wanzeller
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Agropecuária, Água, Cidadania, Distritos, Ecologia, Economia, Fiscalização, Governo, Governo Fez e Faz, Indígena, Indústria, Meio Ambiente, Municípios, Porto Velho, Rondônia, Serviço, Servidores


Compartilhe


Pular para o conteúdo