Governo de Rondônia
27/02/2024

COMPROMISSO

Pecuaristas de Rondônia devem declarar o rebanho até o dia 30 de novembro

01 de novembro de 2023 | Governo do Estado de Rondônia

A declaração de rebanhos pode ser feita nas unidades da Idaron ou pela internet, no site da Agência

Os produtores rurais de Rondônia, criadores de bovinos, bubalinos, ovinos, caprinos, suínos, equídeos e aves, têm até o dia 30 de novembro para adesão à segunda etapa de declaração de rebanhos da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril – Idaron. O prazo para a declaração inicia nesta quarta-feira (1º) e a partir do início deste período, a emissão da Guia de Trânsito Animal (GTA) passa a estar vinculada à declaração de rebanhos. Ou seja, o produtor só poderá emitir a GTA depois que regularizar o rebanho junto à Idaron.

O presidente da Agência, Julio Cesar Rocha Peres destacou que, a declaração de rebanhos é uma das mais importantes ações para que Rondônia mantenha o status internacional de área livre de febre aftosa sem vacinação. “Esse é um dos compromissos que integra a política de responsabilidade compartilhada, firmada entre o Estado e o pecuarista. É uma ação simples que garante maior chance de busca de mercados à agropecuária do Estado”, explicou.

A declaração deve ser feita preferencialmente pela internet, no site da Agência www.idaron.ro.gov.br ou nas Unidades Locais de Sanidade Animal e Vegetal (Ulsavs). “O processo de declaração é muito simples pela internet, a senha usada para a emissão de ‘e-GTA’é a mesma utilizada para fazer a declaração dos rebanhos. Quem ainda não efetivou login e senha para acesso ao sistema da Idaron, basta entrar no site da Agência, pelo computador ou celular, e cadastrar a senha”, destacou Julio Peres.

O governador do Estado, Marcos Rocha afirmou que, “o Governo tem investido em ações para que Rondônia mantenha o status internacional de área livre de febre aftosa sem vacinação, com reconhecimento da Organização Mundial da Saúde Animal. Todas as ações são desenvolvidas para garantir a segurança sanitária no Estado”, ressaltou.

É importante que o produtor faça a declaração dos rebanhos o quanto antes, embora tenha um prazo de 30 dias, a fim de evitar sobrecarga no sistema e imprevistos em relação às filas e dificuldades na liberação de GTA’s. Além das informações relacionadas a atualização dos rebanhos, a Agência vai levantar informações de produção de peixe/pescados, abelhas e alguns tipos de frutas, com perguntas diretas e simples para que as informações referentes a essas culturas possam ser atualizadas.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Toni Francis
Fotos: Toni Francis
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agropecuária, Economia, Governo, Governo Fez e Faz, Rondônia, Serviço, Sociedade, Tecnologia


Compartilhe


Pular para o conteúdo