Governo de Rondônia
Thursday, 23 de September de 2021

Ouro Preto do Oeste sediou I Conferência Territorial de Economia Solidária

05 de junho de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

4 - ecosolA cidade de Ouro Preto do Oeste recebeu cerca de 50 pessoas para discutir o temário da Conferência Estadual de Economia Solidária, evento que acontece em Porto Velho entre os dias 25 e 27 de Junho.

Reunidos no Center – Centro de Treinamento da Emater em Ouro Preto, pequenos agricultores, Assessores técnicos, Empreendimentos, Fomento e Poder Público discutiram e apresentaram propostas para a Conferência Territorial Central de Economia Solidária ocorrida nos dias 03 e 04 de junho. Rondônia adotou a estratégia de fazer as etapas da conferência nos sete Territórios da Cidadania existentes em Rondônia.

4 - exposição ecosolA Secretaria de Estado de Assistência Social (SEAS) por meio da Gerência de Trabalho e Renda, em parceira com a Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Desenvolvimento e Reforma Agrária e o Colegiado Estadual dos Territórios da Cidadania e Identidade, vem cumprindo o calendário das sete Conferências Territoriais de Economia Solidária que são etapas preparatórias para a III Conferência Estadual ECOSOL.

Com o tema “Construindo um Plano Nacional de Economia Solidária para promover o direito de produzir e viver de forma associativa e sustentável” a conferência reuniu propostas dos representantes de Ji-Paraná, Nova União, Theobroma, Mirante da Serra, Ouro Preto do Oeste, Jaru, Presidente Medice e Alvorada do Oeste, que discutiram o contexto do Plano Nacional seus objetivos e estratégias, linhas de ação bem como suas Diretrizes Operacionais.

4 - livros ecosol“A Conferência no Território Central debateu os conceitos da economia solidária, bem como também apresentou as experiências de Entidades de Assessoria e Fomento como o CRESOL que atua com as finanças solidárias e também EFARO – Associação de Escolas Família Agrícola”, comentou a Gerente de Trabalho e Renda da Secretaria Estadual de Assistência Social, Sandra L. Coura Diniz. Segundo Sandra, nesta etapa apresentamos as ações da SEAS em seguida “os participantes identificam as fortalezas, fraquezas, ameaças e oportunidades a partir de diagnóstico de situação com base nos temas: Produção, comercialização, EEE, Finanças Solidárias, Ambiente Institucional e legislação, formação e conhecimento no âmbito do Território, por fim apresentam-se as propostas para o plano e eleição de delegados”.

Pela dinâmica adotada, a etapa territorial deve apresentar 10 propostas como prioritárias bem como a eleição de 12 delegados nos seus respectivos segmentos e a criação da Comissão Territorial de Economia Solidária com objetivo de dar continuidade as discussão da Conferência. Também estiveram presentes à etapa da região central técnicos da representação da SEAS, representante da Secretaria de Agricultura de Ji-Paraná, Cresol, Fetagro, Sindicatos rurais, Associações, Emater, Ceplac, Coletivo Luzinei Barreto (experiência de convivência coletiva, afazeres domésticos, cozinha comunitária, trabalho na terra, torça solidária de serviços e atividades culturais, agricultura familiar, comercialização solidária de conteúdo, mídia e livros), Exposição de Artesanato (Theobroma e Ji-Paraná -Projeto Padre Ezequiel). Na primeira noite roda de viola com apresentação cultural do Coletivo Luzinei Barreto.

Rondônia possui sete Territórios da Cidadania e Identidade, compreendendo os 52 Municípios rondonienses, sendo os Territórios Madeira Mamoré, Território Vale do Jamari, Território Central, Território Rio Machado, Território Vale do Guaporé, Território Zona da Mata, Território Cone Sul, segundo Adirleide Dias dos Santos, Assessora Técnica da SEAS, a importância de se realizar a Conferência nos Territórios da Cidadania se deu porque os territórios estão organizados e discutem diversas políticas, atua na organização dos agricultores e também da área urbana. Estes grupos se reúnem com freqüência e discutem diversas políticas importantes para Rondônia. A Economia Solidária é um segmento estratégico para ampliarmos o debate, já que o movimento de ECOSOL também está inserido neste ambiente. Entendemos que a continuidade e a freqüência das ações podem ser reforçadas com a Economia Solidária na política Territorial. Nossa intenção é colocar a ECOSOL no Plano Territorial e assim alcançarmos o planejamento e financiamento para ECOSOL, pela estratégia de Territórios, assim, ministérios, secretarias nacionais e demais instâncias podem apoiar a Economia Solidária”, finaliza.

A III Conferência Estadual será realizada na cidade de Porto Velho entre os dias 25 e 27 de Junho no Hotel Rondon e elegerá delegados para a etapa Nacional que acontece no mês de novembro em Brasília.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Francisco Leilson Filho - Chicão
Fotos: Adilrleide Santos
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Agricultura, Economia, Evento


Compartilhe