Governo de Rondônia
Friday, 17 de September de 2021

TRABALHO EDUCATIVO

Detran promove ações educativas para conscientizar motociclistas que são as maiores vítimas no trânsito

14 de julho de 2021 | Governo do Estado de Rondônia

Agentes de trânsito do Detran realizam ações educativas nas principais ruas de Porto Velho para conscientizar motociclistas

O Governo de Rondônia, por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran) está promovendo ações educativas nas ruas e avenidas de Porto Velho, em alusão ao “Dia Nacional e Internacional do Motociclista” comemorado no dia 27 deste mês. Conforme dados estatísticos, pilotos e passageiros são as maiores vitimas de acidentes de trânsito.

O diretor-geral do Detran, Neil Aldrin Faria Gonzaga, que participa das ações, comenta que dados da Coordenadoria de Registro de Estatística de Acidentes de Trânsito (Renaest) fechou a estatística de 2020 com resultado positivo de redução de sinistros de trânsito caindo de 13.702 acidentes em 2019 para 11.380 em 2020, porém o índice de mortes envolvendo motociclistas aumentou.

Dos 13.702 acidentes registrados em 2019, 10.932 tiveram envolvimento de motocicletas, sendo 9.183 condutores e 1.749 passageiros. Já em 2020, 11.380 acidentes, 8.607 envolveram motociclistas, sendo 7.346 condutores e 1.261 passageiros. No ano passado, 245 pessoas perderam a vida em acidentes envolvendo motocicleta, sendo 226 condutores e 29 passageiros, contra 210 vítimas fatais em 2019. Desse número, 189 eram condutores e 21 passageiros. “Apesar de todos os esforços dos órgãos de trânsito, governamental e não governamental, infelizmente o número de mortes de usuários de motocicletas continuam aumentando”.

Detran investe em ações educativas e orienta a respeito a legislação de trânsito

Gonzaga que é especialista em trânsito, disse que o Detran, tem trabalhado tanto na parte educativa quanto repressiva para um trânsito ordeiro e seguro para todos, exemplo são os números que comprovam a redução no número de acidentes de trânsito se comparado com os dados de 2019 e 2020.

“basta observar os números em 2020 quando foram registrados 11.380 acidentes de trânsito, dos quais 8.607 tiveram o envolvimento de usuário de motocicleta”, afirmou Gonzaga.

O diretor-geral do Detran, explicou que a falta de respeito aos preceitos do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), excesso de velocidade e avanço ao sinal semafórico são as principais causas de acidentes envolvendo motociclistas. Com a pandemia da covid-19 os serviços de entregas aumentaram muito e os motociclistas na ânsia de chegar rápido ao ponto de entrega desrespeitam a sinalização de trânsito colocando a própria vida em risco e a de terceiros também.

Segundo Gonzaga, o motociclista é a parte mais frágil no trânsito, basta comparar um acidente envolvendo um carro há 50 quilômetros por hora e uma motocicleta com a mesma velocidade; a probabilidade do condutor da motocicleta se ferir gravemente e até perder a vida é muito maior do que a do condutor do carro.

O Detran tem trabalhado cursos, palestras enfim ações educativas no sentido de orientar esse público para que respeite os preceitos do CTB, pois só com a conscientização dos condutores haverá redução no número de acidentes de trânsito, envolvendo os condutores de motocicletas.

HOMENAGEM

O Dia Nacional do Motociclista surgiu para homenagear o motociclista e mecânico de uma multinacional, Marcus Bernardi que morreu na referida data em 1974.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Eleni Caetano
Fotos: Eleni Caetano
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Ecologia, Educação, Empresas, Fiscalização, Governo, Justiça, Legislação, Polícia, Rondônia, Saúde, Segurança, Serviço, Servidores, Sociedade, Tecnologia, Trânsito, Transporte


Compartilhe