Governo de Rondônia
Saturday, 16 de October de 2021

INTERCÂMBIO

Confederação Brasileira de Voleibol apresenta propostas de incentivo ao esporte em Rondônia

28 de maio de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Reunião no gabinete do superintendente da Secel

Reunião no gabinete da Superintendência de Cultura, Esporte e Lazer do Estado

Para fomentar as categorias desportivas de base, a Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) quer realizar eventos de nível nacional em Rondônia. Em reunião na Superintendência Estadual de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), na terça-feira (26), foram alinhadas estratégias e firmados acordos que incluem a participação dos dois órgãos estaduais e da Federação Rondoniense de Voleibol (FRV). A reinauguração do ginásio de esportes Cláudio Coutinho, em Porto Velho, pode contar com uma partida da Superliga Masculina de Voleibol.

O superintendente de Desenvolvimento da CBV, Renato D’Avila, em retribuição à visita do vice-governador Daniel Pereira e do titular da Secel, Rodinei Paes, à sede da CBV no Rio de Janeiro, no dia 19 deste mês, disse que a estrutura da CBV está à disposição de Rondônia, “porque queremos alavancar o vôlei neste Estado”.

Na ocasião, D’Avila apresentou projetos que acredita ser possível ser realizados em Rondônia. Um desses projetos prevê a criação de 285 Centros de Iniciação Esportiva (CIE) no País, contido no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC-2), em que a CBV capacita os professores de educação física da rede estadual de ensino, fornece equipamento adequado e monitora a evolução do processo de formação de atletas de alto rendimento, vindos de comunidades carentes, que poderão integrar as seleções oficiais e os grandes clubes que formam as superligas masculina e feminina de voleibol.

Ao vistoriar as obras de restauração do ginásio de esportes Cláudio Coutinho, D’Avila falou da possibilidade de, juntamente com a FRV, trazer um dos jogos oficiais da Superliga para a reinauguração do ginásio, ressaltando que os jogos, tanto da Superliga feminina quanto da masculina, começam em meados de outubro. “Não vejo dificuldade alguma em trazer estes superatletas até aqui. Há também a possibilidade de trazer o Circuito Banco do Brasil de Vôlei de Praia, que é concebido para ser itinerante, basta fazer gestão junto à Diretoria Esportiva do Banco do Brasil”, pontuou.

Renato D’Avila ainda falou sobre o projeto social, o Vivavolei da CBV, idealizado como voleibol de iniciação, que serve para comunidades carentes, para bairros, para condomínios. “Nosso maior parceiro hoje é a prefeitura do Rio de Janeiro, com 22 núcleos; e já temos 60 centros desses espalhados pelo País. A CBV fornece o know-how e os materiais; e o governo ou a prefeitura entra com os professores de educação física e as quadras”, explicou.

Da esquerda para a direita: Rodnei Paes, Renato D'Ávila, Rogério Barbosa e Lobão, vistoriam obras do ginásio Cláudio Coutinho

Da esquerda para a direita: Rodnei Paes, Renato D’Ávila, Rogério Barbosa e Lobão, vistoriam obras do ginásio Cláudio Coutinho

Para o superintendente Rodnei Paes, a aproximação do governo de Rondônia com as federações esportivas do Estado é um dos principais objetivos do segundo mandato do governador Confúcio Moura, que considera “o fortalecimento de todas as modalidades, principalmente das categorias de base, indispensável para termos futuros atletas de alto nível”.

Rodnei Paes explicou que na reforma do estádio Aluízio Ferreira (Aluizão) foram acrescentados ao campo de futebol um centro desportivo, com dois ginásios poliesportivos; pista oficial de atletismo, sala de fisioterapia, centro de diagnóstico para avaliação dos atletas, academia de musculação e equipamentos. “Tais equipamentos ficarão à disposição da CBV” .

Ao agradecer o empenho do do titular da Secel, o presidente da FRV, Sérgio Feitosa, o Lobão, disse que há o projeto da Copa Amazônica (de seleções estaduais adulto masculino e pretende-se que em 2016 haja também o feminino), reunindo seis federações da região Norte, que neste ano será disputada na cidade de Manaus, em agosto. Esta copa acontece durante uma semana e já tem parceria com a rede de televisão Amazonsat, que vai transmitir para toda a Amazônia brasileira”.

Ao final do encontro, Rodnei Paes e Renato D’Avila afirmaram que o sistema de parceria entre as entidades públicas e privadas é determinante para o sucesso das atividades desportivas.

Participaram também da reunião, Rogério Barbosa, secretário da FRV; e o técnico de esportes, Edvaldo Araújo, representando a Gerência de Esportes da Secel.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Marco Aurélio Anconi
Fotos: Leandro Morais
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Esporte, Governo, Rondônia


Compartilhe