Governo de Rondônia
Saturday, 25 de September de 2021

RECADASTRAMENTO

Com início do segundo lote, atualização cadastral alcança 35% dos servidores estaduais

22 de julho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Servidores realizam a atualização cadastral

Servidores realizam a atualização cadastral

A Gerência de Recursos Humanos da Superintendência da Administração e Recursos Humanos (GRH-Searh) estima que mais de 21 mil  (35%) dos cerca de 60 mil servidores estaduais em atividade, inativos, pensionistas e comissionados, divididos em quatro lotes, já efetivaram suas atualizações cadastrais nas agências do Banco do Brasil da capital, Porto Velho, e municípios do interior do Estado.

A gerente, Michele Martinez, disse que os índices de comparecimento superaram as expectativas de 20% dos servidores incluídos no primeiro lote, encerrado na última sexta-feira (18), e nos dois primeiros dias de recepção do segundo lote, que começou segunda-feira (20).

Dois fatores contribuíram para elevar o percentual para 35% – a maior prática dos recepcionistas com o sistema e a conscientização dos servidores. A média de recebimento é de mais de 1.000 atualizações diárias.

Os estudos mostram que até agora mais de 21 mil servidores já fizeram a atualização cadastral. Somente do primeiro lote, compareceram mais de 18 mil funcionários do Iperon, pensionistas e aposentados, Controladoria Geral, Procuradoria-Geral, Superintendência de Recursos Humanos, Secretarias de Assuntos Estratégicos, Finanças, Saúde, Planejamento e Orçamento, Agricultura, Justiça, Defesa e Cidadania e Sugespe.

SEGUNDO LOTE

O prazo para os servidores incluídos no segundo lote se estenderá até 18 de setembro. Nessa etapa, deverão atualizar os cadastros cerca de 30 mil servidores das Secretarias da Educação, Ação Social, Desenvolvimento Ambiental, Casa Civil, Casa Militar, Departamento de Obras e Serviços Públicos, Departamento de Estradas e Rodagem, Departamento de Trânsito, Fundação Rondônia, Instituto de Pesos e Medidas, Superintendências de Cultura, Turismo, Licitações, Integração do Governo em Brasília (Sibra) Defensoria Pública, Companhia de Mineração de Rondônia, Procon, Sociedade de Portos e Hidrovias, Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapero), Corpo de Bombeiros, Comando da Polícia Militar e Polícia Ambiental.

A maior categoria funcional é a dos trabalhadores em Educação. Michele Martinez fez um apelo aos professores para que aproveitem o recesso escolar para ir às agências bancárias durante o horário de expediente das 8 às 14 horas e façam a atualização no período normal, ou agendem para depois do expediente bancário. “O agendamento vem sendo bastante praticado com atendimento no período da tarde nas agências do interior”, disse.

Os servidores pertencentes à Junta Comercial e Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) farão suas atualizações cadastrais junto com os funcionários das repartições públicas que integram o terceiro lote. Em menor número, eles se juntarão aos comissionados e emergenciais de todas as Secretarias e Superintendências do Governo do Estado para fazer a atualização cadastral, no período de 8 a 23 de setembro.

De 24 de setembro a 9 de outubro, será a vez dos servidores com vínculo conjunto e dos que não conseguiram efetivar suas atualizações cadastrais, por qualquer motivo, apresentarem a documentação.

Michele Martinez, da GRH

Michele Martinez, da GRH

A recomendação da GRH é para que  todos os servidores se conscientizem da importância da atualização cadastral, cujo resultado final é tornar possível ao Governo do Estado conhecer melhor o perfil dos seus servidores e possa identificar a necessidades de treinamento e capacitação de mão de obra em cada setor.

No último dia 20 de julho, a Gerência de Recursos Humanos da SEARH iniciou a tabulação dos dados para identificar inclusive os servidores que deixaram de fazer a atualização cadastral.

Os faltosos serão notificados por meio de avisos no contracheque e deverão procurar a GRH para apresentar justificativa e atualizar seus dados. Com a medida, a Gerência de Recursos Humanos já identificou, por exemplo, mais de 160 casos de mulheres que mudaram o sobrenome de casada.

O diagnóstico do novo perfil do servidor inclui, também, informações sobre nível de formação profissional, estado civil, aptidões, município onde mora atualmente e número de dependentes menores de idade.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Abdoral Cardoso
Fotos: Decom
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Rondônia, Servidores


Compartilhe