Governo de Rondônia
Thursday, 23 de September de 2021

Atividades no Centro de Referência acolhem dependentes químicos e familiares

07 de maio de 2014 | Governo do Estado de Rondônia

Serão construídos mais três centros de referência no Estado com recursos do Pidise

Em agosto do ano passado, a Sepaz implantou em Porto Velho, o Centro de Referência em Prevenção e Atenção à Dependência Química

Em agosto do ano passado, a Sepaz implantou em Porto Velho, o Centro de Referência em Prevenção e Atenção à Dependência Química

O consumo de substâncias psicoativas lícitas e ilícitas é um dos mais preocupantes problemas de saúde pública no Brasil e no mundo. Em Rondônia, o governo criou a Superintendência Estadual de Promoção da Paz (Sepaz) para implantar e implementar a Política Pública sobre Drogas no Estado, com atuação na prevenção, acolhimento, tratamento e reinserção social.

Em agosto do ano passado, a Sepaz implantou em Porto Velho, o Centro de Referência em Prevenção e Atenção à Dependência Química (CREPAD), que atua com uma equipe multidisciplinar para atendimento humanizado para pessoas em situação de abuso ou dependência química e familiares; por meio de estratégias de intervenção psicossocial, abrangendo o contexto motivacional breve, o aconselhamento, a avaliação dos fatores de risco e de proteção, o treino de habilidades sociais, a prevenção à recaída e abordagens de reforço comunitário.

As intervenções técnicas buscam promover a sensibilização e fortalecimento do dependente químico para a adesão ao processo de tratamento voluntário com encaminhamento para os atendimentos existentes na rede do município e, se houver necessidade, viabilizar o processo para a internação.

Pela primeira vez em Rondônia, o governo estadual credencia comunidades terapêuticas para aquisição de vagas para internação. A Associação Casa Família  Rosetta,  em Porto Velho, já está credenciada; a Comunidade Santa, em Vilhena; e Abisai, em Cacoal, estão com os processos de credenciamento.

A equipe do Crepad também acompanha a execução, fiscaliza e controla as vagas das comunidades terapêuticas Porto da Esperança da Associaçao Casa Família Rosetta, na Capital e Monsenhor Gabriel Mercol, em Presidente Médici, contratadas pelo Governo Federal, por meio da Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad).

Atividades

Diariamente no Crepad são realizados atendimentos psicossociais por uma equipe técnica multidisciplinar e visitas domiciliares motivacionais pelos Anjos da Paz; semanalmente, terapia de grupo e palestras temáticas e curso de violão básico para principiantes pelo Projeto “Tocando na Serenidade”.

Esse projeto de reinserção social tem como público-alvo, adolescentes na faixa dos 12 aos 18 anos, que estejam em processo de recuperação da situação abusiva ou de dependência química e/ou que sejam filhos de pessoas adictas que acessam o Centro.

Dados da Sepaz indicam que no atendimento individual no Crepad 88% por cento são homens e 12 % mulheres; destes 64,2% não concluíram o ensino fundamental e 3,1% possuem ensino superior.

A faixa etária com maior incidência prevalece dos 28 aos 37, com 35,5%; dos 18 aos 27 anos, com 30,9%; dos 38 aos 47 anos, com 17,3%;dos 13 aos 17 anos com 9,6%; dos 48 aos 57 anos, com 5,3% e o menor índice dos 58 aos 79 com 1,4%.

O Crack é a droga mais utilizada pelos demandatários cadastrados no CREPAD, com 60,2%, seguido pela cocaína com 26% e pela maconha, com 21,5%.

O Crepad está localizado na Rua Rafael Vaz e Silva, 3041 – Bairro Liberdade, Porto Velho (prédio do antigo Hospital Infantil Cosme Damião), telefone: 3218-2963, CEP:78904-120. E-mail: coord.psd.sepazro@gmail.com – site: www.sepaz.ro.gov.br

O governo de Rondônia, com recursos do Programa Integrado de Desenvolvimento e Inclusão Socioeconômica (Pidise) irá construir novos Centros de Referência em Prevenção à Dependência Química em três municípios considerados pólos. Em Ariquemes,  o processo está em tramitação na Supel, com previsão de abertura de licitação para o dia 8 de maio; em Cacoal e  Vilhena já foram emitidas ordens de serviço, com prazo de 180 dias, sendo os valores das obras de R$ 1.760.551,49 e R$ 1.584.516,66, respectivamente.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Lúcia Reis - Assessoria Sepaz
Fotos: Lúcia Reis
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Assistência Social, Governo, Solidariedade


Compartilhe