Governo de Rondônia
Monday, 27 de September de 2021

PRODUÇÃO

Rodovia RO-370, conhecida como Estrada do Boi, será recuperada pelo DER

20 de julho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Diretores, engenheiros e empresários percorreram toda a extensão da rodovia

Diretores, engenheiros e empresários percorreram toda a extensão da rodovia

Uma das principais estradas para o escoamento da produção agropecuária do Cone Sul e também da Zona da Mata de Rondônia, a RO-370, mais conhecida como Rodovia do Progresso ou Estrada do Boi, receberá o maquinário do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER). A estrada tem quase 200 km de extensão, começando em Parecis, na zona da Mata, até Corumbiara, no Cone Sul. A rodovia garante a economia de pelo menos 150 km aos produtores que precisam transitar entre as duas regiões. Antes, esse trajeto era obrigatoriamente realizado pela BR-364.

No sábado (18), o diretor-geral do DER, Lioberto Caetano, percorreu os 193 km da Estrada do Boi, acompanhado do secretário de Agricultura do Estado, Evandro Padovani, do deputado estadual Luizinho Goebel (PV), do engenheiro do DER, Augusto Neves, do residente regional do órgão em Colorado, Paulinho Cenacol, e de empresários da região. Caetano afirmou que o governador Confúcio Moura tem dado atenção especial às estradas estaduais, em geral. Disse, ainda, que algumas rodovias, como a Estrada do Boi, merece atenção especial por atender um dos maiores centros produtivo de grãos e bovinos em Rondônia.

Por causa de sua grande extensão, a Rodovia do Boi, conforme Lioberto Caetano, será recuperada todos os anos pelas Residências Regionais de Colorado do Oeste e de Rolim de Moura. Cada uma das regionais cuidará de aproximadamente 100 km de estrada em sua respectiva área de atuação. Disse que as máquinas iniciam os trabalhos no começo da próxima semana.

O deputado Luizinho Goebel falou da importância rodovia para o Estado. Ele destacou a presença do governo através do DER nessa região. “Muitas pessoas da cidade não têm conhecimento da alta produção agrícola que existe aqui, com o governo oferecendo estradas com a qualidade que o DER tem executado em todo estado”, frisou.

A estrada Liga a Zona da Mata ao Cone Sul do Estado.

A estrada liga a Zona da Mata ao Cone Sul de Rondônia

O empresário e pecuarista Rodrigo Maia afirmou que é importante que o governo continue fomentando o agronegócio que é o carro chefe de Rondônia. Disse que é bom ver que as autoridades enxergam as necessidades e que valorizam o potencial da região. Observou também que a melhoria da rodovia fará toda diferença para o escoamento da produção. Citou como exemplo o transporte do calcário que antes ele comprava em Mato Grosso pagando frete de 700 km, e agora tem condições de percorrer apenas 130 km até a usina de Parecis para comprar o calcário.

Região de alta produção

O secretário Evandro Padovani destacou que o Sul do estado produz 85% dos grãos do estado de Rondônia e tem cerca de um milhão de bovinos, sendo a maioria de corte. Disse que toda essa produção tem reflexo nas importações e, consequentemente, no Produto Interno Bruto (PIB) de Rondônia. O governo está dando o apoio que o produtor necessita”, garantiu.

O diretor do DER diz que o órgão tem a obrigação de manter as estradas transitáveis para não comprometer o transporte de grãos. “O ciclo do transporte de grãos não pode ser interrompido. Cerca de 30% da produção é armazenada nas carretas, durante o transporte. O restante está guardado nos portos e entrepostos para exportação. Parte da colheita é realizada no início das chuvas e as estradas precisam estar preparadas”, explicou.


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Emanuel Alencar/Nilson Nascimento
Fotos: Emanuel Alencar
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Infraestrutura, Obras, Rondônia


Compartilhe