Governo de Rondônia
Saturday, 25 de September de 2021

INFRAESTRUTURA

Pavimentação da rodovia ligando Alta Floresta ao distrito Vila Marcão está em execução

20 de julho de 2015 | Governo do Estado de Rondônia

Morro foi rebaixado na RO-135 para a execução do asfaltamento.

Morro foi rebaixado na RO-135 para a execução do asfaltamento.

O Governo de Rondônia está executando a última fase do asfaltamento da RO-135 (Linha P-50), rodovia que interliga o distrito de Vila Marcão ao município de Alta Floresta, na região da Zona da Mata.

Na sexta-feira (17), o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), Lioberto Caetano, vistoriou o asfalto novo acompanhado dos engenheiros fiscais da obra, Carlos André e Ernandes Bonfim, e do engenheiro Augusto Neves, da Coordenadoria de Obras do Departamento.

Lioberto Caetano frisou que a empresa venceu uma etapa complicada da obra,  um trecho com cerca de 200 metros de rochas que precisaram ser implodidas. “Nesse trecho havia uma morro elevado com curvas fechadas. Era muito perigoso, mas agora o risco deu lugar a uma pista asfaltada”, comemorou.

O diretor parabenizou profissionais os engenheiros do DER que acompanharam todo o processo de pavimentação da rodovia, garantindo uma obra de qualidade para a população. “Isso é compromisso com o progresso do nosso Estado. Essas famílias não correrão mais o risco que desafiavam ao encarar viagens nessa estrada. O próximo desafio é fazer o asfaltamento de Alto Alegre à Vila Marcão e a obra já está licitada” declarou Caetano.

Em 2010 o Governo iniciou as obras de pavimentação do contrato de pavimentação no trecho de Alta Floresta sentido a Vila Marcão. Porém, esse contrato não previa o asfaltamento até a Vila Marcão, faltando 4 km para chegar ao distrito.

Neste ano o Governo iniciou o asfaltamento de outro trecho que vai contemplar a pavimentação até o distrito. O trecho iniciado neste ano é de Alto Alegre dos Parecis, passando pela Vila Marcão até chegar ao trecho já asfaltado vindo de Alta Floresta.

Rolim de Moura a Santa Luzia

Lioberto Caetano junto com os engenheiros do DER vistoriaram também os trabalhos de restauração da RO-383, de Rolim de Moura a Santa Luzia. A rodovia recebe o tapa-buraco em toda sua extensão e nos trechos mais críticos são refeitos. Os trabalhos são realizados com maquinário e servidores da Residência Regional do DER em Rolim de Moura e da Usina de Asfalto de Ji-Paraná. Além dos servidores do governo, integram a equipe 14 reeducandos que trabalham a ressocialização e ainda têm a pena reduzida de acordo com os dias trabalhados.

IMG_0206

Diretor vistoriou obras acompanhado da equipe do DER

A RO-383, conforme Caetano, é uma das rodovias consideradas espinha dorsal da Zona da Mata. A RO é o principal acesso entre os municípios de Santa Luzia, Alto Alegre e Alta Floresta, garantindo o escoamento da produção agropecuária de toda a região. agora com a implantação da usina de calcário aqui na zona da mata o trafego de carretas e caminhões ficaram mais intenso isso requer estudos técnicos em nossas estradas para garantir a durabilidade e o acesso dos produtores do estado inteiro a essa região.

A equipe do DER atua na recuperação da rodovia com 15 máquinas e mais de 30 servidores trabalhando diariamente. Além do tapa-buraco e restauração dos trechos críticos, o DER faz a limpeza lateral da pista, dando visibilidade as sinalizações ao longo da rodovia que tem uma extensão de 44 km.

Ministro Andreazza

A equipe do DER também percorreu os 27 km da RO-471, da BR-364 a Ministro Andreazza, na região de Cacoal. A rodovia também será recuperada pelo DER. O prefeito Neuri Persch afirmou que a economia de Andreazza tem base na agricultura, em especial na produção do café colonial, e na pecuária.  Disse que o município tem mais de um milhão de pés de café colonial, gerando em média de 250 sacas por alqueire. Neuri Persch afirmou que o governador Confúcio Moura tem dado atenção especial às estradas da região e agradeceu pelo empenho do governo em colocar a recuperação da RO-471 na programação do DER para os próximos dias. “Temos o governo trabalhando por nós junto com a parceria do presidente da Assembléia, deputado Maurão de Carvalho”, afirmou o prefeito.

O empresário Alessandro Sabino é proprietário de um laticínio,  localizado no km 16  da RO-471. Ele afirma que a RO-471 é de extrema importância para o escoamento da produção.  Segundo ele todos os seus produtos são enviados para os estados de São Paulo e Minas Gerais. “Quando a rodovia fica em condições ruins o custo dos produtos aumenta exageradamente”, atentou.   


Leia Mais
Todas as Notícias

Fonte
Texto: Emanuel Alencar/Nilson Nascimento
Fotos: Emanuel Alencar
Secom - Governo de Rondônia

Categorias
Governo, Infraestrutura, Obras


Compartilhe